×

Nós usamos os cookies para ajudar a melhorar o LingQ. Ao visitar o site, você concorda com a nossa política de cookies.


image

Porta Dos Fundos 2019, PLANO DE INVASÃO

PLANO DE INVASÃO

Minha gente, acabou! Acabou, não aguento mais esperar.

Chegou a nossa hora de mostrar a nossa força.

Vamos para a Terra e vamos mostrar do que a gente é capaz.

-A nossa força! -É, isso aí!

-Vamos lá? -Bora!

-Quem tem ideia? -Eu estou com uma ideia boa, cara.

-Hã? -É o seguinte:

A gente podia ir até a Terra. Chegando lá,

-a gente abduz uma vaca... -Muito bom!

-Muito boa ideia! -Aqui, olha.

-Aí, olha. -Legal, legal. Não, legal.

Mas é que já fizemos isso.

Não adiantou nada, a vaca ficou aqui cagando esta merda toda,

foi horrível, a gente teve que ficar limpando essa porra,

jogamos daqui de cima, matou gente lá embaixo...

-Foi uma merda. -É que depois a gente devolve ela

com dois furinhos, tá? Aí o pessoal fica perdidinho,

fica achando: "Ai, será que é o chupa-cabra?"

"Ai, não, é o cadeirudo! É o chupa-cu!"

Não. Não adianta. A gente tem que fazer uma coisa um pouco maior.

A forte. A grande, para botar a nossa marca mesmo, assim.

E umas pirâmides? Funciona também, né?

-Porra, pirâmide é maneiro... -Já fez pirâmide, já fez.

Deu um puta de um trabalho colocar aquelas pedras lá.

Só a gente achou graça,

neguinho está tentando entender que porra é aquela até hoje,

ninguém nem achou que foi a gente, a gente nem assinou nada, aquilo ali.

Fizemos em vários lugares, várias pirâmides,

empilhamos pedra, aí fica aquele negócio lá

que todo mundo achando que foi os egípcios que fizeram...

E se a gente pegasse umas plantações bem grandes

e a gente cortasse a plantação fazendo desenhos circulares,

-tipo uma mandala... -Gosto, hein?

Sabe, eu tenho várias mandalas aqui, que estão muito fodas.

-Olha essa mandala. -É, então, deixa eu te falar...

-Olha, olha, olha. -Não vai, não é nada.

O pessoal fica achando que é um bêbado louco

da cidade que fez, não tem nada...

Ninguém sabe que foi a gente que fez aquilo.

Desculpa, mas todo mundo sabe que eu sou o cara das mandalas, irmão.

É isso aí! Mandala, mandala!

-Mandala! -Não, não tem mandala. Ei! Não tem.

Só quem sabe que você faz mandala sou eu e ele.

Porque você chega aqui e fala: "Ah, eu fiz uma mandala!"

"Olha a foto da mandala!"

A gente olha e fala: "Ih, que do caralho!"

E não serve para porra nenhuma. O que você fez foi cortar o trigo ao meio.

Para formar uma coisa, quer dizer,

você inviabilizou o trigo para um produtor de pequeno porte

no interior de Londrina. Ei! Esse foi teu "accomplished".

Hein? A gente precisa de uma coisa um pouco mais violenta.

Eu acho que a gente tinha que fazer sabe o quê?

-O quê? -A gente tinha que chegar lá

destruindo cidade grande. Chegar em Tóquio e porrada.

A gente já destrói Nova York de cara, já mete raio laser

e o caralho e rala!

Olha, eu não gosto muito de cidade grande...

Também não gosto,

-não é minha pegada. -Eu prefiro lugar mais calmo,

mais tranquilo, gente do interior é outro clima!

-Calma... -Eles acreditam em tudo,

eles são mais ingênuos, o povo do campo, sabe?

Um lugar que eu sou louco para conhecer é Goiandira.

É sul de Goiás? Eu amo Goiandira!

Me deu maior saudade, foi de Varginha...

-Varginha era foda! -Ô, terra boa, né?

A gente fez história lá, irmão!

-Arrasamos, irmãozinho! -Porra!

Não adianta para vocês ficarem tentando fazer coisa pequena.

A gente tem que fazer... O plano que eu tracei é o seguinte:

Destruir o Pentágono, destruir o Kremlin,

aparece nas televisões, no celular de todo mundo,

falando: "Oi, nós somos do planeta Zaion.

E viemos aqui para dominar a Terra

e vocês serão nossos escravos! Farão o que a gente quiser!"

-Eu estou achando meio sem graça. -É isso que esperam da gente!

Sabe o que a gente podia fazer?

A gente podia se esconder numa moita, lá no Paraná,

aí quando alguém passar, a gente fala: "Busca conhecimento!"

-Tu é gênio, Bilu! -Porra!

-Caralho! -Bota aí!

Vamos fazer a mandala, vai.

Chegou, chegou! Abre! Ele está cansado, hein?

-Nossa, foi foda! -É mesmo? Onde é que você foi?

Tu falou para eu ir para um lugar grande,

-fui pra um lugar que chama Ohio! -Ah, agora sim!

Fiquei amigo de umas crianças, um molequinho, irmão,

moleque me botou para passear na cesta da Caloi Ceci dele.

Cara, a gente foi, o negócio começou a voar...

-Meu irmão, tinha uma lua! -E por que tu não ligou para a gente?

Eu fiquei tentando, não encontrei um telefone!

Fiquei: "telefone, casa", ninguém, "telefone"...

Porra nenhuma, não tinha um telefone naquela merda.

Tinha uma menininha ali, uma loirinha, que vai ficar famosa!

Tá, volta lá para fazer mandala, vai. Eu vou te mandar para a Bolívia.

Eu quero ir para Osasco!

-Pode ser Osasco? -Se adianta!


PLANO DE INVASÃO INVASION PLAN PLAN DE INVASIÓN

Minha gente, acabou! Acabou, não aguento mais esperar. You guys, that's it. I can't wait anymore. Señores, se acabó, se acabó, no aguanto más esperar, llegó la hora de mostrar nuestra fuerza.

Chegou a nossa hora de mostrar a nossa força. It's time to show our strength.

Vamos para a Terra e vamos mostrar do que a gente é capaz. Let's go to Earth Vamos para la tierra y vamos a mostrarles de lo que somos capaces, vamos a mostrarles nuestra fuerza.

-A nossa força! -É, isso aí!

-Vamos lá? -Bora! -Let's go? -Let's go!

-Quem tem ideia? -Eu estou com uma ideia boa, cara. -Who has ideas? -I have a good idea.

-Hã? -É o seguinte: Here's the thing.

A gente podia ir até a Terra. Chegando lá, We can go to Earth, right?

-a gente abduz uma vaca... -Muito bom!

-Muito boa ideia! -Aqui, olha.

-Aí, olha. -Legal, legal. Não, legal. Good, good. It's good. Muy bien, muy bien, pero eso ya lo hicimos y no sirvió de nada.

Mas é que já fizemos isso. But we already did that.

Não adiantou nada, a vaca ficou aqui cagando esta merda toda, It didn't work.

foi horrível, a gente teve que ficar limpando essa porra, It was awful.

jogamos daqui de cima, matou gente lá embaixo... We threw it from up here and killed people down there. La tiramos desde aquí y mató a una pila de gente allá abajo. Fue una mierda.

-Foi uma merda. -É que depois a gente devolve ela It was shit.

com dois furinhos, tá? Aí o pessoal fica perdidinho, We give the cow back with two small holes,

fica achando: "Ai, será que é o chupa-cabra?" They say: "Is it the Chupacabra? ¿Habrá sido el Chupacabras? ¡No, fue Pie Grande! Ja ja ja. ¡Fue el Chupaculos! Ja ja ja.

"Ai, não, é o cadeirudo! É o chupa-cu!"

Não. Não adianta. A gente tem que fazer uma coisa um pouco maior. It's no good. We need something bigger. No, tenemos que hacer algo mayor, con fuerza, algo grande, para dejar nuestra marca.

A forte. A grande, para botar a nossa marca mesmo, assim. Stronger, bigger. We need to leave our mark.

E umas pirâmides? Funciona também, né? What about the pyramids? They work. ¿Y si hacemos unas pirámides? Las pirámides son lindas...

-Porra, pirâmide é maneiro... -Já fez pirâmide, já fez. -Pyramids are cool. -We already did that.

Deu um puta de um trabalho colocar aquelas pedras lá. It was such hard work building them.

Só a gente achou graça, We laughed, but they still don't know what they mean. Solo nosotros lo entendimos y ellos los están intentando entender todavía.

neguinho está tentando entender que porra é aquela até hoje,

ninguém nem achou que foi a gente, a gente nem assinou nada, aquilo ali. They don't even think it was us. We didn't sign them. Nadie ni pensó que fuimos nosotros, no dejamos nuestra firma.

Fizemos em vários lugares, várias pirâmides, We did them in many places, we piled the stones... Las hicimos en varios lugares, varias pirámides, apilamos las piedras.

empilhamos pedra, aí fica aquele negócio lá

que todo mundo achando que foi os egípcios que fizeram...

E se a gente pegasse umas plantações bem grandes What if we went to huge crops Y si cogemos unas plantaciones bien grandes y cortamos la plantación haciendo dibujos circulares.

e a gente cortasse a plantação fazendo desenhos circulares, and we cut them with circular drawings,

-tipo uma mandala... -Gosto, hein? like a mandala? Como una mandala... Me gusta esa idea...

Sabe, eu tenho várias mandalas aqui, que estão muito fodas. Tengo varias mandalas aquí muy lindas, mira esta.

-Olha essa mandala. -É, então, deixa eu te falar...

-Olha, olha, olha. -Não vai, não é nada.

O pessoal fica achando que é um bêbado louco People think it was a crazy drunk who did it. La gente piensa que fue el borracho loco del pueblo el que lo hizo, ellos no saben que fuimos nosotros.

da cidade que fez, não tem nada...

Ninguém sabe que foi a gente que fez aquilo. No one knows it was us.

Desculpa, mas todo mundo sabe que eu sou o cara das mandalas, irmão. I'm sorry, Discúlpame, pero todo el mundo sabe que yo soy el tipo de las mandalas.

É isso aí! Mandala, mandala! -No one knows... -Yes! Mandala! Nadie lo sabe...

-Mandala! -Não, não tem mandala. Ei! Não tem. Mandala!

Só quem sabe que você faz mandala sou eu e ele. The only ones who know about your mandalas are me and him. Los únicos que saben que tú eres el que hace las mandalas somos él y yo

Porque você chega aqui e fala: "Ah, eu fiz uma mandala!" Because you come and say: "I made a mandala! Porque tú llegas y nos dices: ¡Hice las mandalas! ¡Mira las mandalas! ¡Y eso no sirve de nada!

"Olha a foto da mandala!" Look at my mandala!"

A gente olha e fala: "Ih, que do caralho!" We say it's awesome, but it has zero fucking use.

E não serve para porra nenhuma. O que você fez foi cortar o trigo ao meio.

Para formar uma coisa, quer dizer,

você inviabilizou o trigo para um produtor de pequeno porte

no interior de Londrina. Ei! Esse foi teu "accomplished". in countryside Londrina.

Hein? A gente precisa de uma coisa um pouco mais violenta. Necesitamos algo más violento.

Eu acho que a gente tinha que fazer sabe o quê? -You know what we have to do? -What? ¿Saben qué es lo que tenemos que hacer? ¿Qué?

-O quê? -A gente tinha que chegar lá We need to destroy the big cities. Tenemos que destruir una ciudad grande.

destruindo cidade grande. Chegar em Tóquio e porrada.

A gente já destrói Nova York de cara, já mete raio laser We can destroy New York,

e o caralho e rala!

Olha, eu não gosto muito de cidade grande... -I don't like the big cities. -Me neither. It's not my thing.

Também não gosto,

-não é minha pegada. -Eu prefiro lugar mais calmo,

mais tranquilo, gente do interior é outro clima!

-Calma... -Eles acreditam em tudo,

eles são mais ingênuos, o povo do campo, sabe? They're more gullible, you know?

Um lugar que eu sou louco para conhecer é Goiandira. A place I want to visit is Goiandira. Yo estoy loco por conocer Goiandira. ¿Al sur de Goias?

É sul de Goiás? Eu amo Goiandira! -South of Goiás? -Yes!

Me deu maior saudade, foi de Varginha... Me recuerda a Varginha. Varginha era muy bonita.

-Varginha era foda! -Ô, terra boa, né? -Varginha was awesome! -What a great town!

A gente fez história lá, irmão! ¡Qué tierra hermosa! ¡Allí hicimos historia!

-Arrasamos, irmãozinho! -Porra! ¡Arrasamos allí, mi hermano! Seguro.

Não adianta para vocês ficarem tentando fazer coisa pequena. It makes no sense to do small things.

A gente tem que fazer... O plano que eu tracei é o seguinte: We have to... Here's what I have planned. Tenemos que... Este es mi plan:

Destruir o Pentágono, destruir o Kremlin, We destroy the Pentagon, we destroy the Kremlin.

aparece nas televisões, no celular de todo mundo, We send a message to all TVs and cellphones Aparecemos en los televisores y celulares de todo el mundo diciendo:

falando: "Oi, nós somos do planeta Zaion.

E viemos aqui para dominar a Terra We came to take over Earth, and you'll be our slaves.

e vocês serão nossos escravos! Farão o que a gente quiser!"

-Eu estou achando meio sem graça. -É isso que esperam da gente! -I think it's boring. -They expect that from us.

Sabe o que a gente podia fazer? You know what we can do? ¿Saben lo que podríamos hacer?

A gente podia se esconder numa moita, lá no Paraná, Podríamos escondernos detrás de unos arbustos en Paraná y cuando alguien pase le decimos:

aí quando alguém passar, a gente fala: "Busca conhecimento!"

-Tu é gênio, Bilu! -Porra! You're a genius, Bilu!

-Caralho! -Bota aí! -Fuck! -Shit!

Vamos fazer a mandala, vai. Vamos a hacer los círculos en los cultivos...

Chegou, chegou! Abre! Ele está cansado, hein? He's here! Open it! ¡Llegó! ¡Llegó! ¡Abre! ¡Él está cansado!

-Nossa, foi foda! -É mesmo? Onde é que você foi? ¡Caramba, me fue muy bien! ¿Adónde fuiste?

Tu falou para eu ir para um lugar grande, You wanted a big place, so I went to Ohio. Me dijiste que fuera para un lugar grande y fui para Ohio.

-fui pra um lugar que chama Ohio! -Ah, agora sim!

Fiquei amigo de umas crianças, um molequinho, irmão, I made friends with the kids and one boy... Me hice amigo de un niño. Ah, no...

moleque me botou para passear na cesta da Caloi Ceci dele. No... Y me llevó a pasear en la cesta de su bicicleta.

Cara, a gente foi, o negócio começou a voar... Then we started flying... Man, the moon there... Salimos volando y había una luna enorme...

-Meu irmão, tinha uma lua! -E por que tu não ligou para a gente?

Eu fiquei tentando, não encontrei um telefone!

Fiquei: "telefone, casa", ninguém, "telefone"... I said, "Phone, home..." No fucking phone. No había teléfono en la casa ni en ninguna parte que fui.

Porra nenhuma, não tinha um telefone naquela merda. There were no phones.

Tinha uma menininha ali, uma loirinha, que vai ficar famosa! There was a little blonde girl who's going to be famous. Había una rubiecita allí que se va a volver famosa.

Tá, volta lá para fazer mandala, vai. Eu vou te mandar para a Bolívia. Go back and make mandalas. I'm sending you to Bolivia. Está bien, puedes volver a hacer tus círculos, te voy a mandar para Bolivia.

Eu quero ir para Osasco!

-Pode ser Osasco? -Se adianta!