×

Nós usamos os cookies para ajudar a melhorar o LingQ. Ao visitar o site, você concorda com a nossa política de cookies.


image

Porta Dos Fundos 2019, OZ

Eu nem acredito que a gente vai encontrar o Mágico de Oz!

Estou tão feliz, amigo Espantalho!

O quê que você vai pedir para o Mágico, Dorothy?

Eu quero voltar para a minha casa!

-E você, Leão? -Eu vou pedir coragem.

-E você, Espantalho? -Eu vou pedir um cérebro!

-E você, Homem de Lata? -Eu queria um coração.

-Você vai conseguir! -Eu quero um prato de comida.

Ei, a gente está sem nada aqui. Tá sem troco.

Tá sem nada. Vai lá. Obrigadíssimo.

-Quem é você, ó, belo homem? -Sou mendigo.

Tô com fome para caralho.

Se me der um negócio para comer, eu agradeço.

A gente está indo lá falar com o Mágico de Oz,

você podia fazer isso também. Vai lá um dia e pede lá depois, tá?

Muito longe lá. Até chegar lá, minha perna está toda fodida...

Chegar lá, já vai a rótula esfarelar e o caralho.

-Me dá um negócio pra eu comer aí. -Baixa a mão!

Pobrezinho...

Pobrezinho é o caralho. Estou todo fodido, porra.

-Fala assim não, ela é criança. -Pobrezinho...

Meu pai me espancava!

Tá ligado o que é ter um pai anão que espanca tu e tua mãe?

-Não tira eu, caralho! -Falou baixo!

Olha, mendigo, mas se você acreditar

com toda a sua... força,

todos os seus sonhos podem se realizar.

Eba, meritocracia! Vamos lá? Vamos indo?

Eita, barriguinha de ar. Vamos nessa.

Quero parar de cagar sangue.

Olha, desculpa me meter, mas eu acho que você devia procurar um médico.

Eu fumo crack. O médico não quer atender cracudo, não.

-Ninguém quer atender quem fuma crack. -Oh my God.

-Olha aqui. -Me dá um dinheiro aí, caralho!

Me dá um dinheiro aí...

Ficou quieto, ficou quieto. Bota aqui e fica quieto.

Olha só. A gente vai falar com o Mágico de Oz,

vamos pedir as nossas coisas, aí a gente pede para você também.

Pede um fígado?

Olha, meu amor. O Mágico dá tudo que você quiser.

É só pedir. Fígado, o que quiser.

-Me dá um abraço? -Pede para o Mágico!

O Mágico dá abraço, dá beijo, dá tudo que ele dá.

Vamos fazer o seguinte: a gente vai até o Mágico

e pede ajuda para o nosso amigo sem lar! Vamos?

-Vamos. -Tchau!

-Não, eu vou com vocês! -Não vai, não!

-Ninguém tá vendo. -Cai aqui. Cai aqui...

-Ah, vai ficar então, amigo? -Não estou movimentando mais nada!

Nós vamos ver o Mágico o fantástico Mágico de Oz

O espantalho não é bom, ele não é bom mesmo...

Ele faz maldade...

Meu...

Meu sonho é ter um Sodexo.

E um Riocard.


Eu nem acredito que a gente vai encontrar o Mágico de Oz!

Estou tão feliz, amigo Espantalho!

O quê que você vai pedir para o Mágico, Dorothy?

Eu quero voltar para a minha casa!

-E você, Leão? -Eu vou pedir coragem.

-E você, Espantalho? -Eu vou pedir um cérebro!

-E você, Homem de Lata? -Eu queria um coração.

-Você vai conseguir! -Eu quero um prato de comida.

Ei, a gente está sem nada aqui. Tá sem troco.

Tá sem nada. Vai lá. Obrigadíssimo.

-Quem é você, ó, belo homem? -Sou mendigo.

Tô com fome para caralho.

Se me der um negócio para comer, eu agradeço.

A gente está indo lá falar com o Mágico de Oz,

você podia fazer isso também. Vai lá um dia e pede lá depois, tá?

Muito longe lá. Até chegar lá, minha perna está toda fodida...

Chegar lá, já vai a rótula esfarelar e o caralho.

-Me dá um negócio pra eu comer aí. -Baixa a mão!

Pobrezinho...

Pobrezinho é o caralho. Estou todo fodido, porra.

-Fala assim não, ela é criança. -Pobrezinho...

Meu pai me espancava!

Tá ligado o que é ter um pai anão que espanca tu e tua mãe?

-Não tira eu, caralho! -Falou baixo!

Olha, mendigo, mas se você acreditar

com toda a sua... força,

todos os seus sonhos podem se realizar.

Eba, meritocracia! Vamos lá? Vamos indo?

Eita, barriguinha de ar. Vamos nessa.

Quero parar de cagar sangue.

Olha, desculpa me meter, mas eu acho que você devia procurar um médico.

Eu fumo crack. O médico não quer atender cracudo, não.

-Ninguém quer atender quem fuma crack. -Oh my God.

-Olha aqui. -Me dá um dinheiro aí, caralho!

Me dá um dinheiro aí...

Ficou quieto, ficou quieto. Bota aqui e fica quieto.

Olha só. A gente vai falar com o Mágico de Oz,

vamos pedir as nossas coisas, aí a gente pede para você também.

Pede um fígado?

Olha, meu amor. O Mágico dá tudo que você quiser.

É só pedir. Fígado, o que quiser.

-Me dá um abraço? -Pede para o Mágico!

O Mágico dá abraço, dá beijo, dá tudo que ele dá.

Vamos fazer o seguinte: a gente vai até o Mágico

e pede ajuda para o nosso amigo sem lar! Vamos?

-Vamos. -Tchau!

-Não, eu vou com vocês! -Não vai, não!

-Ninguém tá vendo. -Cai aqui. Cai aqui...

-Ah, vai ficar então, amigo? -Não estou movimentando mais nada!

Nós vamos ver o Mágico o fantástico Mágico de Oz

O espantalho não é bom, ele não é bom mesmo...

Ele faz maldade...

Meu...

Meu sonho é ter um Sodexo.

E um Riocard.