×

Nós usamos os cookies para ajudar a melhorar o LingQ. Ao visitar o site, você concorda com a nossa política de cookies.


image

Esportes (Sports), Vocabulário de Futebol - Palavras e Expressões - Português para estrangeiros (1)

Vocabulário de Futebol - Palavras e Expressões - Português para estrangeiros (1)

Pra você que gosta de futebol,

que escuta os narradores do Brasil,

que escuta os brasileiros falando sobre futebol.

Que vai pro estádio, escuta os comentários

e muitas vezes não entende,

esse vídeo é para você, ok?

Aumentar o seu nível de português,

saber expressões, saber o que nós, brasileiros,

falamos quando se trata de futebol

para que você possa implementar no seu vocabulário.

Então eu recomendo que você fique até o final do vídeo

pra aprender o máximo possível.

Para você realmente falar como brasileiro,

pelo menos você tem que saber

o que eu vou mencionar nesse vídeo.

Já depois, você pode aprofundar ainda mais

através de canais de brasileiros

falando sobre o futebol em geral, ok?

Canais que estão focados somente em futebol.

Ok então. Começando.

Geralmente, você joga futebol com seus amigos,

um jogo informal, perto de casa,

não é no estádio de futebol.

Em português, você tem várias formas

de se referir a isso.

Você pode falar: vai ter um racha aqui perto de casa.

Você quer ir com a gente?

Vai ter um rachão aqui perto de casa.

Vai ter um amistoso lá na universidade,

com o time da universidade e o time da outra universidade.

Não vai ter tanta gente, é um amistoso.

Uma pelada também.

A gente vai jogar uma pelada mais tarde,

que ir com a gente? Jogar uma pelada.

Bater bola também, bater uma bolinha.

Bater uma bolinha.

Falar em bola, eu gravei um vídeo

com várias expressões com bola em português.

Veja esse vídeo também.

E baba.

Baba, baba. Jogar uma baba.

Vai ter uma baba.

Outra situação é que você tem que pagar

para alugar o local, o campo de futebol

para jogar com seus amigos.

Então você pode fazer uma vaquinha.

Faz uma vaquinha entre todos aí para a gente

alugar um campo e fazer um racha esse fim de semana.

Agora, já no campo com seus amigos para

jogar a pelada, você vai tirar o time.

Ou seja, você vai escolher quem é que vai jogar com você.

Vamos tirar o time. Quem é que vai ficar de qual lado.

Depois você pode estar alongando também, né?

Você está alongando para evitar ter problemas

durante o jogo. Você alonga.

Você também pode estar esquentando,

jogando devagar ali.

Você não vai começar com o corpo frio e...

explodir, correndo como louco, não.

Então começa esquentando, alonga, né?

Faz o aquecimento.

Daí o pessoal já começa a ver o jogo ali

e alguém propõe: vamo fazer um bolão.

Um bolão é que cada pessoa dá o dinheiro,

faz suas apostas e quem ganhar o jogo,

se eu apostei no time A e ganhou,

eu vou ganhar o dinheiro e todo mundo que apostou

no time A vai ganhar uma parte desse dinheiro.

Agora, durante o jogo,

você vai ver vários tipos de jogadores, né?

Você pode ser um desses jogadores

ou você pode conhecer alguém que é assim.

Então você já vai saber como se referir a essa pessoa.

Aquela pessoa que nunca passa a bola.

A pessoa sempre tá com a bola

e quer fazer tudo sozinho.

Então você fala que essa pessoa é um "fominha".

Cara, você é muito fominha, nunca toca.

Nunca toca a bola, nunca passa a bola.

Ou você é muito gula também.

Tipo gula de guloso.

Aí você vai ter a galera que joga

batendo em todo mundo, é muito agressivo jogando.

Você tem até medo de se aproximar

porque a pessoa já vem,

já pra derrubar.

Então você fala que essa pessoa é caceteira.

É um caceteiro ou é um açougueiro, ok?

Açougueiro é quem trabalha num açougue

cortando carne, ok? Numa "carniceria".

Então é como carniceiro.

Eu acho que existe em espanhol, carniceiro.

Então o cara entra muito duro,

tem uma entrada assassina, tem uma entrada muito brusca,

entra muito brusco.

Uma entrada maldosa, mal-intencionada.

O pessoal tá começando a chegar junto na área

e o cara entra rasgando também, ok?

Entrar rasgando, chegar rasgando.

Dar um escorão. Um escorão.

Escorar é você se apoiar em algum lugar, ok?

Você tá apoiado em algum lugar.

Você pode se escorar em algum lugar

e você pode dar um escorão.

Então o cara tava correndo e deu um escorão no outro.

Não pode faltar as pessoas que jogam muito ruim.

Como é que se diz, no seu país,

uma pessoa que joga futebol muito ruim?

No Brasil, a gente fala perna de pau,

murrinha, bola murcha, pereba.

Pereba é uma ferida.

A gente comentou sobre entrada violenta, tal, escorão.

Às vezes eu vejo o pessoal,

chega todo doído do hospital.

Cara, o que foi que aconteceu? Caiu da moto?

Não, eu tava jogando futebol.

Braço quebrado. O que foi que aconteceu, cara?

Não, eu tava jogando futebol.

Nossa, caramba, futebol é muito perigoso, sério mesmo.

Tem que ter muito cuidado jogando futebol

porque é um esporte de muito arranque,

de muito impacto.

Tem o jogador ruim e também tem o goleiro

que agarra a bola, né?

O que fica lá no gol.

Ele agarra a bola, mas quando ele nunca agarra a bola,

a gente fala que é um frangueiro.

Mão de alface.

Luva de quiabo.

Luva, que coloca na mão, né?

Luva de quiabo. Escorrega, passa.

Mão de lodo.

Então lodo é aquela capinha verde que fica

nas pedras quando passa muita água em cima

e vai criando lodo, né?

Vai ficando aquela umidade ali e escorrega.

Você pisa e escorrega.

Então mão de logo, escorrega, não pega nada.

Aí você tem um drible.

Drible, driblar.

Você dribla, ok?

O goleiro franga, ele tomou um frango, ok?

Levou um frango.

E o frango foi por debaixo das pernas, foi caneta.

Caneta por baixo das pernas

ou por baixo da saia, como "por debajo de la falda".

Vai ter o juiz, o árbitro que apita muito ruim.

Então você pode falar que é um ladrão.

Cara, esse juiz é muito ladrão.

Juiz vendido também.

Agora, o jogador que tem muita velocidade,

você pode falar que tem um bom arranque.

Quando a pessoa corre muito,

tem uma carreira muito boa.

Uma carreira é acelera, numa carreira.

Se esse cara pegar a bola,

eu tenho certeza que ele vai dar uma carreira

e ninguém vai pegar ele.

Ninguém vai pegar o cara,

ninguém vai conseguir chegar nele.

Daí você pode receber a bola

e enquanto você tá tentando dominar a bola,

você começa a ir pegando velocidade

e quando você pega velocidade,

quando você já engata, digamos,

você fala que agora pegou pique.

Pegou a velocidade, né?

Pegar embalo também.

Você pegar um embalo, você ir rápido.

Tipo, começou, começou, começou,

começou, começou, agora pegou o embalo,

agora pegou o embalo.

Ou seja, agora funcionou,

agora tá indo rápido.

Falando de dores no corpo quando você tá jogando,

você pode ter cãibra né, no músculo,

que é quando começa a fazer aquele movimento

involuntário, que dói muito, né?

Que fica o músculo... trava, né?

Tipo, dá cãibra.

Ou você pode ter uma distensão muscular,

que não é a cãibra como tal.

Pode até aparecer depois da cãibra,

que você ainda continua andando, mas você sente

o ligamento ali, doendo muito na perna, né?

Então você tem que parar de jogar.

Outra coisa que muita, muita, muita gente não sabe

é quando você toma muita água

ou você toma não tanta água,

mas você toma água e você corre,

às vezes você tem dor desviada,

que é aquelas furadas, aquele...

que você tem no seu estômago, na sua barriga.

Você: caramba, eu tô com uma dor desviada aqui,

peraí, peraí.

Eu tenho que parar um pouco,

respirar, me recuperar e agora sim.

Por isso que é recomendado não tomar muita água

quando você tá jogando, fazendo algum

esporte, qualquer coisa que você se move muito,

você corre muito.

Agora, vamos passar aqui para o

cara que fica sempre perto do gol.

Ele nunca avança, sempre fica perto do gol

do adversário.

Ou seja, tá na linha ali do zagueiro,

tá toda hora ali, lá atrás, só esperando a bola.

Só esperando, só esperando.

Então essa pessoa sempre fica na banheira.

Essa pessoa tá na banheira ou pivô.

Então essas pessoas que sempre ficam na banheira

correm muito risco de serem impedidos.

O bandeirinha levanta a bandeira.

Impedido!

Não, não, não. Tava muito adiantado,

tava muito perto do gol, antes do passe.

Você ficando na banheira,

você sempre vai estar perto ali do zagueiro,

do cara que tá protegendo o gol.

Não é o goleiro, não é o goleiro,

é o cara que tá protegendo o gol.

E se for grande, a gente fala que é um guarda-roupa,

é um cara grandão. Um xerifão também.

Tem que ter cuidado aí, que o cara é grandão,

vai derrubar o povo.

Agora falando em jogada, você pode

passar a bola, você pode tocar a bola.

Lembrando que quem não toca a bola é fominha, né?

É gula.

Você pode dar uma jogada de efeito.

Você bate na bola com efeito.

Fazer a finta, né? Que você...

fazer a finta.

Tocar de calcanhar,

com a parte de trás da perna, né?

Com o calcanhar do pé, a parte de trás.

"El tobillo", a parte de trás, né?

O calcanhar, tocou com o calcanhar.

Dar de bicicleta, que é quando você pula e

dá aquela... pra cima, né?

Dar de bicicleta.

Não dá pra fazer tudo aqui, né?

Não vai dar certo aqui, né?

Gol de letra, que é quando você vai chutar a bola

e você passa a perna por trás da outra e...

assim.

Gol de voleio também.

Vou colocar as imagens aí para ficar mais claro

para vocês, ok?

Trivela ou também três dedos.

Você dá de ladinho aqui.

Chutar de bico.

Que é quando você chuta com a ponta do pé.

Caramba, o cara chutou de bico.

Eu posso falar dar um bico também, né?

Você pode até falar em outras situações:

se você não sair daqui eu vou dar um bico na sua cara.

Dar um bico, ou seja, é um chute

com a ponta, com o dedo, assim.

Com a cabeça do pé, assim.

E também você pode fazer embaixadinha, né?

Que você coloca a bola aqui e...

eu não posso pular muito não,

porque eu tô com o fone de ouvido aqui e

vai dar errado esse negócio.

Você consegue fazer quantas embaixadinhas?

Eu acho que consigo fazer umas dez, talvez.

Naquele momento que o seu time tá naquela

situação decisiva, né?

Caramba, se fizer o gol, a gente vai ganhar.

Tá faltando três minutos para acabar,

se fizer o gol, a gente ganha.

O cara vai lá com toda a emoção, todo mundo na expectativa,

o cara chuta e a bola bate no travessão.

Passa raspando no travessão.

Você tem a trave, ou o gol

e o travessão é a parte de cima.

Então passou raspando.

Passou raspando.

Passou tirando tinta da trave.

Passou... tirando tinta da trave.

Bateu no poste também, a gente pode falar, né?

Que bateu na lateral aqui, na lateral da trave.

Travessão, lateral da trave, né?

Ou também acordou a coruja,

que é o animal, né? Que é noturno.

Acordou a coruja.

Bateu no travessão... sempre que for em cima, né?

Bateu no travessão e acordou a coruja.

Nesses momentos, você sempre faz um som, né?

No momento da emoção.

Você pode falar tipo: caralho!

Porra!

Merda!

Detalhe do caralho, que é palavrão,

você pode falar: carai!

Ou caraca!

E aí tem um som, né? Vish!

Que é: vish! Vish! Quase, mano.

Ou o famoso...

Caramba, quase!

E quando a bola sai, quem pega a bola

geralmente é o gandula, né?

O gandula tem o trabalho de pegar,

recolher as bolas.

Adiantando um pouco mais, a gente passa

para o contato físico, né?

Como é que a gente dá o nome para o...

para o contato, quando é com o cotovelo?

Quando é com a mão na cara? A gente fala o quê?


Vocabulário de Futebol - Palavras e Expressões - Português para estrangeiros (1) Fußballwortschatz - Wörter und Ausdrücke - Portugiesisch für Ausländer (1) Soccer vocabulary - Words and expressions - Portuguese for foreigners (1)

Pra você que gosta de futebol,

que escuta os narradores do Brasil,

que escuta os brasileiros falando sobre futebol.

Que vai pro estádio, escuta os comentários

e muitas vezes não entende,

esse vídeo é para você, ok?

Aumentar o seu nível de português,

saber expressões, saber o que nós, brasileiros,

falamos quando se trata de futebol

para que você possa implementar no seu vocabulário.

Então eu recomendo que você fique até o final do vídeo

pra aprender o máximo possível.

Para você realmente falar como brasileiro,

pelo menos você tem que saber

o que eu vou mencionar nesse vídeo.

Já depois, você pode aprofundar ainda mais

através de canais de brasileiros

falando sobre o futebol em geral, ok?

Canais que estão focados somente em futebol.

Ok então. Começando.

Geralmente, você joga futebol com seus amigos,

um jogo informal, perto de casa,

não é no estádio de futebol.

Em português, você tem várias formas

de se referir a isso.

Você pode falar: vai ter um racha aqui perto de casa.

Você quer ir com a gente?

Vai ter um rachão aqui perto de casa.

Vai ter um amistoso lá na universidade,

com o time da universidade e o time da outra universidade.

Não vai ter tanta gente, é um amistoso.

Uma pelada também.

A gente vai jogar uma pelada mais tarde,

que ir com a gente? Jogar uma pelada.

Bater bola também, bater uma bolinha.

Bater uma bolinha.

Falar em bola, eu gravei um vídeo

com várias expressões com bola em português.

Veja esse vídeo também.

E baba.

Baba, baba. Jogar uma baba.

Vai ter uma baba.

Outra situação é que você tem que pagar

para alugar o local, o campo de futebol

para jogar com seus amigos.

Então você pode fazer uma vaquinha.

Faz uma vaquinha entre todos aí para a gente

alugar um campo e fazer um racha esse fim de semana.

Agora, já no campo com seus amigos para

jogar a pelada, você vai tirar o time.

Ou seja, você vai escolher quem é que vai jogar com você.

Vamos tirar o time. Quem é que vai ficar de qual lado.

Depois você pode estar alongando também, né?

Você está alongando para evitar ter problemas

durante o jogo. Você alonga.

Você também pode estar esquentando,

jogando devagar ali.

Você não vai começar com o corpo frio e...

explodir, correndo como louco, não.

Então começa esquentando, alonga, né?

Faz o aquecimento.

Daí o pessoal já começa a ver o jogo ali

e alguém propõe: vamo fazer um bolão.

Um bolão é que cada pessoa dá o dinheiro,

faz suas apostas e quem ganhar o jogo,

se eu apostei no time A e ganhou,

eu vou ganhar o dinheiro e todo mundo que apostou

no time A vai ganhar uma parte desse dinheiro.

Agora, durante o jogo,

você vai ver vários tipos de jogadores, né?

Você pode ser um desses jogadores

ou você pode conhecer alguém que é assim.

Então você já vai saber como se referir a essa pessoa.

Aquela pessoa que nunca passa a bola.

A pessoa sempre tá com a bola

e quer fazer tudo sozinho.

Então você fala que essa pessoa é um "fominha".

Cara, você é muito fominha, nunca toca.

Nunca toca a bola, nunca passa a bola.

Ou você é muito gula também.

Tipo gula de guloso.

Aí você vai ter a galera que joga

batendo em todo mundo, é muito agressivo jogando.

Você tem até medo de se aproximar

porque a pessoa já vem,

já pra derrubar.

Então você fala que essa pessoa é caceteira.

É um caceteiro ou é um açougueiro, ok?

Açougueiro é quem trabalha num açougue

cortando carne, ok? Numa "carniceria".

Então é como carniceiro.

Eu acho que existe em espanhol, carniceiro.

Então o cara entra muito duro,

tem uma entrada assassina, tem uma entrada muito brusca,

entra muito brusco.

Uma entrada maldosa, mal-intencionada.

O pessoal tá começando a chegar junto na área

e o cara entra rasgando também, ok?

Entrar rasgando, chegar rasgando.

Dar um escorão. Um escorão.

Escorar é você se apoiar em algum lugar, ok?

Você tá apoiado em algum lugar.

Você pode se escorar em algum lugar

e você pode dar um escorão.

Então o cara tava correndo e deu um escorão no outro.

Não pode faltar as pessoas que jogam muito ruim.

Como é que se diz, no seu país,

uma pessoa que joga futebol muito ruim?

No Brasil, a gente fala perna de pau,

murrinha, bola murcha, pereba.

Pereba é uma ferida.

A gente comentou sobre entrada violenta, tal, escorão.

Às vezes eu vejo o pessoal,

chega todo doído do hospital.

Cara, o que foi que aconteceu? Caiu da moto?

Não, eu tava jogando futebol.

Braço quebrado. O que foi que aconteceu, cara?

Não, eu tava jogando futebol.

Nossa, caramba, futebol é muito perigoso, sério mesmo.

Tem que ter muito cuidado jogando futebol

porque é um esporte de muito arranque,

de muito impacto.

Tem o jogador ruim e também tem o goleiro

que agarra a bola, né?

O que fica lá no gol.

Ele agarra a bola, mas quando ele nunca agarra a bola,

a gente fala que é um frangueiro.

Mão de alface.

Luva de quiabo.

Luva, que coloca na mão, né?

Luva de quiabo. Escorrega, passa.

Mão de lodo.

Então lodo é aquela capinha verde que fica

nas pedras quando passa muita água em cima

e vai criando lodo, né?

Vai ficando aquela umidade ali e escorrega.

Você pisa e escorrega.

Então mão de logo, escorrega, não pega nada.

Aí você tem um drible.

Drible, driblar.

Você dribla, ok?

O goleiro franga, ele tomou um frango, ok?

Levou um frango.

E o frango foi por debaixo das pernas, foi caneta.

Caneta por baixo das pernas

ou por baixo da saia, como "por debajo de la falda".

Vai ter o juiz, o árbitro que apita muito ruim.

Então você pode falar que é um ladrão.

Cara, esse juiz é muito ladrão.

Juiz vendido também.

Agora, o jogador que tem muita velocidade,

você pode falar que tem um bom arranque.

Quando a pessoa corre muito,

tem uma carreira muito boa.

Uma carreira é acelera, numa carreira.

Se esse cara pegar a bola,

eu tenho certeza que ele vai dar uma carreira

e ninguém vai pegar ele.

Ninguém vai pegar o cara,

ninguém vai conseguir chegar nele.

Daí você pode receber a bola

e enquanto você tá tentando dominar a bola,

você começa a ir pegando velocidade

e quando você pega velocidade,

quando você já engata, digamos,

você fala que agora pegou pique.

Pegou a velocidade, né?

Pegar embalo também.

Você pegar um embalo, você ir rápido.

Tipo, começou, começou, começou,

começou, começou, agora pegou o embalo,

agora pegou o embalo.

Ou seja, agora funcionou,

agora tá indo rápido.

Falando de dores no corpo quando você tá jogando,

você pode ter cãibra né, no músculo,

que é quando começa a fazer aquele movimento

involuntário, que dói muito, né?

Que fica o músculo... trava, né?

Tipo, dá cãibra.

Ou você pode ter uma distensão muscular,

que não é a cãibra como tal.

Pode até aparecer depois da cãibra,

que você ainda continua andando, mas você sente

o ligamento ali, doendo muito na perna, né?

Então você tem que parar de jogar.

Outra coisa que muita, muita, muita gente não sabe

é quando você toma muita água

ou você toma não tanta água,

mas você toma água e você corre,

às vezes você tem dor desviada,

que é aquelas furadas, aquele...

que você tem no seu estômago, na sua barriga.

Você: caramba, eu tô com uma dor desviada aqui,

peraí, peraí.

Eu tenho que parar um pouco,

respirar, me recuperar e agora sim.

Por isso que é recomendado não tomar muita água

quando você tá jogando, fazendo algum

esporte, qualquer coisa que você se move muito,

você corre muito.

Agora, vamos passar aqui para o

cara que fica sempre perto do gol.

Ele nunca avança, sempre fica perto do gol

do adversário.

Ou seja, tá na linha ali do zagueiro,

tá toda hora ali, lá atrás, só esperando a bola.

Só esperando, só esperando.

Então essa pessoa sempre fica na banheira.

Essa pessoa tá na banheira ou pivô.

Então essas pessoas que sempre ficam na banheira

correm muito risco de serem impedidos.

O bandeirinha levanta a bandeira.

Impedido!

Não, não, não. Tava muito adiantado,

tava muito perto do gol, antes do passe.

Você ficando na banheira,

você sempre vai estar perto ali do zagueiro,

do cara que tá protegendo o gol.

Não é o goleiro, não é o goleiro,

é o cara que tá protegendo o gol.

E se for grande, a gente fala que é um guarda-roupa,

é um cara grandão. Um xerifão também.

Tem que ter cuidado aí, que o cara é grandão,

vai derrubar o povo.

Agora falando em jogada, você pode

passar a bola, você pode tocar a bola.

Lembrando que quem não toca a bola é fominha, né?

É gula.

Você pode dar uma jogada de efeito.

Você bate na bola com efeito.

Fazer a finta, né? Que você...

fazer a finta.

Tocar de calcanhar,

com a parte de trás da perna, né?

Com o calcanhar do pé, a parte de trás.

"El tobillo", a parte de trás, né?

O calcanhar, tocou com o calcanhar.

Dar de bicicleta, que é quando você pula e

dá aquela... pra cima, né?

Dar de bicicleta.

Não dá pra fazer tudo aqui, né?

Não vai dar certo aqui, né?

Gol de letra, que é quando você vai chutar a bola

e você passa a perna por trás da outra e...

assim.

Gol de voleio também.

Vou colocar as imagens aí para ficar mais claro

para vocês, ok?

Trivela ou também três dedos.

Você dá de ladinho aqui.

Chutar de bico.

Que é quando você chuta com a ponta do pé.

Caramba, o cara chutou de bico.

Eu posso falar dar um bico também, né?

Você pode até falar em outras situações:

se você não sair daqui eu vou dar um bico na sua cara.

Dar um bico, ou seja, é um chute

com a ponta, com o dedo, assim.

Com a cabeça do pé, assim.

E também você pode fazer embaixadinha, né?

Que você coloca a bola aqui e...

eu não posso pular muito não,

porque eu tô com o fone de ouvido aqui e

vai dar errado esse negócio.

Você consegue fazer quantas embaixadinhas?

Eu acho que consigo fazer umas dez, talvez.

Naquele momento que o seu time tá naquela

situação decisiva, né?

Caramba, se fizer o gol, a gente vai ganhar.

Tá faltando três minutos para acabar,

se fizer o gol, a gente ganha.

O cara vai lá com toda a emoção, todo mundo na expectativa,

o cara chuta e a bola bate no travessão.

Passa raspando no travessão.

Você tem a trave, ou o gol

e o travessão é a parte de cima.

Então passou raspando.

Passou raspando.

Passou tirando tinta da trave.

Passou... tirando tinta da trave.

Bateu no poste também, a gente pode falar, né?

Que bateu na lateral aqui, na lateral da trave.

Travessão, lateral da trave, né?

Ou também acordou a coruja,

que é o animal, né? Que é noturno.

Acordou a coruja.

Bateu no travessão... sempre que for em cima, né?

Bateu no travessão e acordou a coruja.

Nesses momentos, você sempre faz um som, né?

No momento da emoção.

Você pode falar tipo: caralho!

Porra!

Merda!

Detalhe do caralho, que é palavrão,

você pode falar: carai!

Ou caraca!

E aí tem um som, né? Vish!

Que é: vish! Vish! Quase, mano.

Ou o famoso...

Caramba, quase!

E quando a bola sai, quem pega a bola

geralmente é o gandula, né?

O gandula tem o trabalho de pegar,

recolher as bolas.

Adiantando um pouco mais, a gente passa

para o contato físico, né?

Como é que a gente dá o nome para o...

para o contato, quando é com o cotovelo?

Quando é com a mão na cara? A gente fala o quê?