×

Мы используем cookie-файлы, чтобы сделать работу LingQ лучше. Находясь на нашем сайте, вы соглашаетесь на наши правила обработки файлов «cookie».


image

Mescla - Entrevistas, Melhores amigos falam o que mais gostam e o que detestam no outro | EP. 1 Jogo da sinceridade

Melhores amigos falam o que mais gostam e o que detestam no outro | EP. 1 Jogo da sinceridade

Eu sou mais atraente que você.

Meu nome é Gabriela Brasil...e eu sou o Arthur Ferreira... E a gente se conheceu em 2016 e foi conexão muito rápida assim, né?

Coisa de horas... As pessoas tinham ciúmes. A gente frequenta uma mesma cena aí mais alternativa... Gostos muito parecidos...É

Brega... Uma boa banda de brega... Brega é tudo! Drag queen... Drag queen.

Mas, assim, também pensamentos políticos, ideologias, crenças... Também tem isso...

Tem coisas que eu mudaria sobre nossa amizade.

Com certeza, principalmente o fato de você nunca chegar na hora nos lugares, amiga e eu fico lá sempre esperando.

Eu achei que ela ia falar que ela mudaria o despertador do meu relógio.

Ah, isso também... Eu mudaria a sinceridade. Gabriela Brasil não precisava...(Você disse que mudaria?)

Agora eu quero mudar... (Não, não pode!) Agora eu quero mudar sua sinceridade.

Complicado... queima o meu filme... Tudo bem... Vou ler a próxima pergunta, só de raiva...

Eu escondo minhas inseguranças de você...

Não... isso a gente é muito bom de chegar chorando e fala sobre tudo... Muito, até demais às vezes...

Sabe aquele segredo que eu te contei aquele dia no JK, e eu falei assim: ah, não vou falar pra você senão você vai dar risada da minha insegurança...

Você sabe o que é, né? Então... (Hemorroida!)

Esse tipo de insegurança que eu falo que às vezes é muita insegurança que a gente conta... (E não era! Não era!) Não era hemorróida no fim das contas...

Só... é, não era

Eu sou mais carismático do que você...

Com certeza, não. Amiga, você tem que dizer sim! (Ah, é eu sou mais carismático que você!) Isso com certeza. Ele é muito popular, muito influencer...

Na minha faculdade o meu orientador me chamava de vereador.

Ele ficava assim: oh, chegou o vereador! (É, mas isso é verdade, sempre que a gente sai ele conhece alguém.)

Seu gosto musical é discutível...

Não... Vai falar mal de diva pop? É, vai falar mal de MC Tata? Vai falar mal de Potiguara? A gente tá fazendo marketing... Vai falar mal de... não

Mas as vezes ela canta umas músicas lá de Natal... (Ehhh...) Que aí... (Não vai me ofender aqui!)

Não, é aquela música você canta de pisar na..., que é meio gospel... (É 100% gospel, e minha tia-avó que me ensinou, você não vem aqui ofender minha tia-avó)

Mas eu olho e falo assim... hum, amiga... (Mas é ótima essa música) Eu dou risada com essa música...

Eu sou mais organizado do que você.

Com... (Certo...) O quê? (Eu sou mais organizado do que você) Amiga... (Amiga) Vamo lá pra casa, gente, agora! Filmem lá dentro! Amiga, imagina...

Eu fico alguns dias desorganizado e aí eu organizo. A gente é desorganizado igual, eu acho. Ah, não, eu sou um pouco mais desorganizado. (Hum!)

(Sim!) Porque eu deixo de lavar a louça.

Tava pensando mais no seu quarto, mesmo.

Ah, o seu quarto também fica desorganizado às vezes... (Não fica!) Fica... Fica, sim... (Mas menos que...) Menos que o meu... menos que o meu...

Eu acho que já fomos mais próximos do que agora...

É impossível... (É impossível...) Impossível... Inclusive se a gente puder dar um passinho pra trás...

Sempre quando a gente conhece alguém, as pessoas ficam assim... (Aham, as pessoas ficam assim...) Vocês são a mesma pessoa...

Tem hábitos seus que me incomodam...

Vai falar de novo do despertador... (Amiga, mas não dá pra conviver... Não dá...)

O nosso quarto é do lado, assim... (Ele coloca 5 despertadores, todos os dias)

Eu ia falar do gato, mas... (Mas por que que te incomoda?) Não...

Porque às vezes eu tô andando na rua e aí você vê um gato, aí você me dá um soco... (Eu tenho muito medo de gato...)

(Mas assim, é uma fobia que eu preciso ir pro hospital quando eu vejo um gato. E por que o meu medo mais profundo te aborrece?) Não...

Não, não me aborrece. Mas se eu pudesse pedir pro gênio uma coisa por você, eu pediria pra você mudar isso, sabe amiga. (Eu não pediria isso...)

Pra você poder viver livre com os gatos... Gato andando na rua e a gente continuar andando na rua, sem eu levar um soco assim... Ahhhhh, um gato!

Você mudou várias coisas na minha vida.

Sim! (Sim, com certeza!) Com certeza! Meu medo de gato curou, agora!

Não era isso, amiga, era pra ser poético, era pra ser bonito... (Não, eu sei...)

Simbólico... (Mas com certeza, várias coisas mudaram na minha vida depois que a gente se encontrou.... pra melhor...)

(Cabei...) Isso aí... Gabriela tem me ensinado a comer coisas que eu não como... (Ah, é verdade) Isso é uma mudança muito radical na minha vida.

Essas coisas eu tenho aprendido muito e isso tem me dado muito senso crítico para muitas coisas, sabe?

Tipo assim: amigo, se você não tá feliz fazendo isso agora, vamo, se mexe, sabe? Tipo, tem essas coisas...

(E você se assumiu depois dessa jornada) Sim, graças a Deus. Uma bicha fora do armário.

(Eu era a pessoa que valorizava muito a minha individualidade no sentido de: "Não preciso de ninguém")

e quando a gente se conheceu, você veio rasgando todas essas cortinas e barreiras e falando: "Mano, cabou essa história, vamo ser muito parceiro")

(e a gente tem uma amizade muito íntima e muito próxima.)

Ela tava nervosa (Eu tava nervosa, gente), eu tô acreditando que essa vai ser a chance de eu virar youtuber, então...

E eu fiz assim: amiga, vamo, vamo por favor, é a minha chance, é o meu momento de brilhar...

Pra mim foi uma ótima experiência porque eu tive uma oportunidade de falar que eu não gosto dos atrasos, de novo...

Mas ao mesmo tempo te apreciar, e te falar como você é importante, como você é lindo e essa vida que eu levo ao seu lado me faz muito, muito bem...

Então eu já tô muito grata só pela oportunidade. (E eu vou chorar, amiga, eu sempre choro, também, eu tenho esse momento.) Eu nunca choro...

A gente é diferente nesses pontos.

Um bom aprendizado, amiga. E a gente não se abraça muito também. (É, a gente não é do abraço)

Eu sou muito do abraço, mas ela não é do abraço, eu respeito. (Eu não sou muito do abraço)


Melhores amigos falam o que mais gostam e o que detestam no outro | EP. 1 Jogo da sinceridade Beste Freundinnen sprechen darüber, was sie aneinander mögen und was sie hassen | EP. 1 Aufrichtigkeitsspiel Best friends talk about what they like and hate about each other | EP. 1 game of sincerity

Eu sou mais atraente que você.

Meu nome é Gabriela Brasil...e eu sou o Arthur Ferreira... E a gente se conheceu em 2016 e foi conexão muito rápida assim, né? My name is Gabriela Brasil...and I'm Arthur Ferreira... And we met in 2016 and it was a very quick connection, right?

Coisa de horas... As pessoas tinham ciúmes. A gente frequenta uma mesma cena aí mais alternativa... Gostos muito parecidos...É Thing of hours... People were jealous. We go to the same scene there, more alternatively... Very similar tastes...Yeah...

Brega... Uma boa banda de brega... Brega é tudo! Drag queen... Drag queen. Brega... A good brega band... Brega is everything! Drag queen... Drag queen.

Mas, assim, também pensamentos políticos, ideologias, crenças... Também tem isso... But, like that, also political thoughts, ideologies, beliefs... There's also that...

Tem coisas que eu mudaria sobre nossa amizade. There are things I would change about our friendship.

Com certeza, principalmente o fato de você nunca chegar na hora nos lugares, amiga e eu fico lá sempre esperando. Absolutely, especially the fact that you never get to places on time, friend, and I am always there waiting.

Eu achei que ela ia falar que ela mudaria o despertador do meu relógio. I thought she was going to say she would change the alarm clock on my watch.

Ah, isso também... Eu mudaria a sinceridade. Gabriela Brasil não precisava...(Você disse que mudaria?) Ah, that too... I would change the sincerity. Gabriela Brasil didn't need to...(Did you say you would change?)

Agora eu quero mudar... (Não, não pode!) Agora eu quero mudar sua sinceridade. Now I want to change... (No, you can't!) Now I want to change your sincerity.

Complicado... queima o meu filme... Tudo bem... Vou ler a próxima pergunta, só de raiva... Complicated... it roasts me... Okay... I'll read the next question, just out of anger...

Eu escondo minhas inseguranças de você... I hide my insecurities from you...

Não... isso a gente é muito bom de chegar chorando e fala sobre tudo... Muito, até demais às vezes... No... we are very good in come in crying and talking about everything... A lot, even too much sometimes...

Sabe aquele segredo que eu te contei aquele dia no JK, e eu falei assim: ah, não vou falar pra você senão você vai dar risada da minha insegurança... You know that secret I told you that day at JK, and I said: oh, I won't tell you otherwise you'll laugh at my insecurity... .

Você sabe o que é, né? Então... (Hemorroida!) You know what it is, right? So... (Hemorrhoids!)

Esse tipo de insegurança que eu falo que às vezes é muita insegurança que a gente conta... (E não era! Não era!) Não era hemorróida no fim das contas... This kind of insecurity that I say is sometimes a lot of insecurity that we tell... (And it wasn't! It wasn't!) It wasn't hemorrhoid after all...

Só... é, não era Only... . yeah, it wasn't

Eu sou mais carismático do que você... I'm more charismatic than you...

Com certeza, não. Amiga, você tem que dizer sim! (Ah, é eu sou mais carismático que você!) Isso com certeza. Ele é muito popular, muito influencer... Absolutely not. Friend, you have to say yes! (Oh yeah I'm more charismatic than you!) That's for sure. He is very popular, very influential...

Na minha faculdade o meu orientador me chamava de vereador. In my college my advisor called me councilor.

Ele ficava assim: oh, chegou o vereador! (É, mas isso é verdade, sempre que a gente sai ele conhece alguém.) He was like this: oh, the councilman has arrived! (Yeah, but that's true, whenever we go out he meets someone.)

Seu gosto musical é discutível... Your musical taste is debatable...

Não... Vai falar mal de diva pop? É, vai falar mal de MC Tata? Vai falar mal de Potiguara? A gente tá fazendo marketing... Vai falar mal de... não No... Are you going to speak ill of a pop diva? Yeah, are you going to talk bad about MC Tata? Are you going to speak ill of Potiguara? We're doing marketing... Going to speak ill of... no

Mas as vezes ela canta umas músicas lá de Natal... (Ehhh...) Que aí... (Não vai me ofender aqui!) But sometimes she sings some Christmas songs... (Ehhh...) What's up... (Won't offend me here!)

Não, é aquela música você canta de pisar na..., que é meio gospel... (É 100% gospel, e minha tia-avó que me ensinou, você não vem aqui ofender minha tia-avó) No, it's that song you sing from stepping on..., which is kind of gospel... (It's 100% gospel, and my great aunt taught me, you don't come here to offend my great aunt)

Mas eu olho e falo assim... hum, amiga... (Mas é ótima essa música) Eu dou risada com essa música... But I look and talk like that ...um, friend... (But this song is great) I laugh with this song...

Eu sou mais organizado do que você. I'm more organized than you are.

Com... (Certo...) O quê? (Eu sou mais organizado do que você) Amiga... (Amiga) Vamo lá pra casa, gente, agora! Filmem lá dentro! Amiga, imagina... With... (Right...) What? (I'm more organized than you) Friend... (Friend) Let's go home, guys, now! Film it inside! Friend, imagine...

Eu fico alguns dias desorganizado e aí eu organizo. A gente é desorganizado igual, eu acho. Ah, não, eu sou um pouco mais desorganizado. (Hum!) I get disorganized for a few days and then I organize. We are disorganized just the same, I think. Oh no, I'm a little more disorganized. (Um!)

(Sim!) Porque eu deixo de lavar a louça. (Yes!) Because I don't do the dishes.

Tava pensando mais no seu quarto, mesmo. I was thinking more about your room, really.

Ah, o seu quarto também fica desorganizado às vezes... (Não fica!) Fica... Fica, sim... (Mas menos que...) Menos que o meu... menos que o meu... Oh, your room is also disorganized sometimes... (It doesn't!) It does... It does... (But less than...) Less than mine... less than mine...

Eu acho que já fomos mais próximos do que agora... I think we've been closer than now...

É impossível... (É impossível...) Impossível... Inclusive se a gente puder dar um passinho pra trás... It's impossible... (It's impossible...) Impossible... Even if we can take a little step back...

Sempre quando a gente conhece alguém, as pessoas ficam assim... (Aham, as pessoas ficam assim...) Vocês são a mesma pessoa... Whenever we meet someone, the people are like this... (Ahem, people are like this...) You are the same person...

Tem hábitos seus que me incomodam... There are habits of yours that bother me...

Vai falar de novo do despertador... (Amiga, mas não dá pra conviver... Não dá...) Gonna talk again about the alarm clock... (Friend, but I can't get along... It's impossible...)

O nosso quarto é do lado, assim... (Ele coloca 5 despertadores, todos os dias) Our room is next door, like... (He sets 5 alarm clocks every day)

Eu ia falar do gato, mas... (Mas por que que te incomoda?) Não... I was going to talk about the cat, but... (But why does it bother you?) No...

Porque às vezes eu tô andando na rua e aí você vê um gato, aí você me dá um soco... (Eu tenho muito medo de gato...) Because sometimes I'm walking on the street and then you see a cat, then you punch me... (I'm very scared of cats...)

(Mas assim, é uma fobia que eu preciso ir pro hospital quando eu vejo um gato. E por que o meu medo mais profundo te aborrece?) Não... (But like this, it's a phobia that I need to go to the hospital when I see a cat. And why does my deepest fear bother you?) No...

Não, não me aborrece. Mas se eu pudesse pedir pro gênio uma coisa por você, eu pediria pra você mudar isso, sabe amiga. (Eu não pediria isso...) No, it doesn't bother me. But if I could ask the genius one thing for you, I would ask you to change it, you know friend. (I wouldn't ask for that...)

Pra você poder viver livre com os gatos... Gato andando na rua e a gente continuar andando na rua, sem eu levar um soco assim... Ahhhhh, um gato! So you can live free with cats... Cats walking in the street and we can keep walking in the street, without me getting punched like that... Ahhhhh, a cat!

Você mudou várias coisas na minha vida. You changed a lot of things in my life.

Sim! (Sim, com certeza!) Com certeza! Meu medo de gato curou, agora! Yes! (Yes, absolutely!) Absolutely! My cat fear has healed, now!

Não era isso, amiga, era pra ser poético, era pra ser bonito... (Não, eu sei...) It wasn't that, friend, it was supposed to be poetic, it was supposed to be beautiful... (No, I know...)

Simbólico... (Mas com certeza, várias coisas mudaram na minha vida depois que a gente se encontrou.... pra melhor...) Symbolic... (But surely, several things changed in my life after we met... .. for the better...)

(Cabei...) Isso aí... Gabriela tem me ensinado a comer coisas que eu não como... (Ah, é verdade) Isso é uma mudança muito radical na minha vida. (Done...) That's right... Gabriela has been teaching me to eat things I don't eat... (Oh, it's true) This is a very radical change in my life.

Essas coisas eu tenho aprendido muito e isso tem me dado muito senso crítico para muitas coisas, sabe? These things I have learned a lot and this has given me a lot of critical sense for many things, you know?

Tipo assim: amigo, se você não tá feliz fazendo isso agora, vamo, se mexe, sabe? Tipo, tem essas coisas... Like this: friend, if you're not happy doing this now, let's move, you know? Like, there are these things...

(E você se assumiu depois dessa jornada) Sim, graças a Deus. Uma bicha fora do armário. (And you came out after this journey) Yeah, thank God. A queer out of the closet.

(Eu era a pessoa que valorizava muito a minha individualidade no sentido de: "Não preciso de ninguém") (I was the person who valued my individuality a lot in the sense of: "I don't need anyone")

e quando a gente se conheceu, você veio rasgando todas essas cortinas e barreiras e falando: "Mano, cabou essa história, vamo ser muito parceiro") and when we met, you came tearing down all these curtains and barriers and saying: "Girl, that's over, let's be really close partners")

(e a gente tem uma amizade muito íntima e muito próxima.) (and we have a very intimate and very close friendship.)

Ela tava nervosa (Eu tava nervosa, gente), eu tô acreditando que essa vai ser a chance de eu virar youtuber, então... She was nervous (I was nervous, guys), I'm believing that this is going to be the chance for me to become youtuber, so...

E eu fiz assim: amiga, vamo, vamo por favor, é a minha chance, é o meu momento de brilhar... And I did it like this : friend, come on, come on please, it's my chance, it's my moment to shine...

Pra mim foi uma ótima experiência porque eu tive uma oportunidade de falar que eu não gosto dos atrasos, de novo... For me it was a great experience because I had an opportunity to say that I don't like delays, again...

Mas ao mesmo tempo te apreciar, e te falar como você é importante, como você é lindo e essa vida que eu levo ao seu lado me faz muito, muito bem... But to at the same time appreciate you, and tell you how important you are, how beautiful you are and this life I lead by your side makes me very, very good...

Então eu já tô muito grata só pela oportunidade. (E eu vou chorar, amiga, eu sempre choro, também, eu tenho esse momento.) Eu nunca choro... So I'm already very grateful just for the opportunity. (And I'm going to cry, friend, I always cry, too, I have that moment.) I never cry...

A gente é diferente nesses pontos. We're different at these points.

Um bom aprendizado, amiga. E a gente não se abraça muito também. (É, a gente não é do abraço) A good learning experience, my friend. And we don't hug a lot either. (Yeah, we're not huggers)

Eu sou muito do abraço, mas ela não é do abraço, eu respeito. (Eu não sou muito do abraço) I'm very huggers, but she's not huggers, I respect her. (I'm not much of a hug)