×

We use cookies to help make LingQ better. By visiting the site, you agree to our cookie policy.


image

Diogo Elzinga, Paraná é um Estado Estranho

Paraná é um Estado Estranho

Cá estamos novamente nós na nossa saga de desbravar e mostrar as coisas

estranhas que acontecem por esse Brasilzão e finalmente chegou a vez de falarmos da Rússia

brasileira, da fonte da zoeira, do lugar conhecido popularmente

como Paraná. Mas antes de mais nada, eu preciso dizer pra vocês que

tem algumas pessoas que estão achando que estou falando é mal dos estados

do Brasil, que estou desdenhando a região, a cultura deles. Para todas essas pessoas eu gostaria de mandar vocês

chuparem um parafuso até virar um prego. Porque o propósito aqui é apenas brincar com algumas peculiaridades

que acontece nesses lugares, tá bom?! Sintam-se mijados.

Calma Diogo, calma Diogo. Também ficam me xingando depois eu fico puto.

Chega de chororô, vamos para o que interessa.

Pra começar, esse não é mais um daqueles vídeos que tem um compilado das coisas estranhas e bizarras que acontecem dentro do Paraná, porque

a internet está cheia disso, né, a imprensa adora esse tipo de coisa porque chama ibope.

Mas isso não tem nada de extraordinário,

isso é só mais um dia na vida

corriqueira cotidiana de quem vive dentro do Paraná.

Tem nada demais para o pessoal lá. No Brasil, isso até pode ser uma coisa diferente

que chama a nossa atenção, mas o fato é que no Paraná

as pessoas já nem assistem mais o telejornal por causa disso.

Boa noite. Veja hoje na edição do Paraná News: Padre se amarra balões e sai voando,

ladrões roubam cofre de empresa e fogem de carroça,

motorista leva a mãe no porta malas do carro,

ciclista é atropelado por colchão que caiu de caminhonete. De novo isso.

E veja também a nossa reportagem especial.

Dona Maria vai ao trabalho

e nada acontece durante o percurso. Dá pra acreditar numa coisa dessas?

Confesso para vocês que é muito difícil conseguir encontrar uma notícia que seja do Paraná,

que nada de esquisito tenha acontecido. Talvez a coisa

mais normal

de todo o Paraná, a coisa mais comum que aconteça lá

seja tal da rixa entre Pato Branco e Francisco Beltrão.

Além disso, eu concluo no meu trabalho que

Francisco Beltrão possui uma área maior que Pato Branco, porém

Pato Branco, por sua vez, possui uma população maior do que Francisco Beltrão,

portanto podemos concluir que, territorialmente

falando, Francisco Beltrão é maior que Pato Branco.

Repete isso daí que você falou.

Francisco Beltrão é maior que o Pato Branco.

Mas teu c* pegando fogo. Pato Branco é bem maior que Beltrão e vai levar é zero.

Mas é que eu trouxe os dados que comprovam o contrário.

Mas não me importa, vai tomar é zero.

Cala boca. Beltrão é muito maior do que Pato. Não viu o piá falando ali?

Mas tu também vá pro inferno,

piá de bosta. Pato vai ser sempre maior que Beltrão.

Só se pato for o nome do c* da tua mãe.

Nossa,

mas que antipatia é essa?

Pega e vai para Curitiba.

É, eu acho que pegou meio pesado mesmo. Mas tem um ônibus que sai pra Curitiba daqui 20 minutos.

E uma coisa que você precisa aprender sobre o Paraná é que todo mundo ama

Curitiba e no caso todo mundo é quem mora em Curitiba,

porque os curitibanos

chama o resto do estado tudo de colono.

E por isso o pessoal do interior vivem falando que o pessoal de Curitiba são tudo uns mal

educado, que não sabe puxar papo e etc e tal.

Mas no fim das contas estão lá final de semana no Jardim Botânico

e batendo foto com capivara só para colocar no Facebook.

Olha que bonita capivara. Eu e ela. Aqui eu tirando a foto da capivara,

aqui é quando capivara entrou no Barigui,

aqui do lado, daí, aqui é o Stallone lá na Ópera de Arame comigo,

aqui é o Oil Man lá no Oscar Niemayer..

Nossa, tu deve amar Curitiba.

Ná, Curitiba é uma bosta, bosta de cidade, Curitiba. Odeio Curitiba.

Aqui do lado, daí eu,

o Oil Man, o Stallone e três capivaras na frente Jardim Botânico.

Cidade bosta.

Para explicar a relação com Curitiba é tipo:

Ah, como eu odeio te amar tanto.

Porque Curitiba tem muita coisa boa. Tem todo o turismo que a gente sabe,

tem aquela página muito

topzera da Prefeitura, que faz zueira 24 horas por dia.

Mas na parte mais legal de Curitiba talvez seja o fato de você conseguir viver

as quatro estações num dia só. Se você for à estação de trem aí são 5.

Entendeu? Estação, trem..

Mas o Paraná não se resume somente a Curitiba.

Tem também a cidade de Londrina, que não tem Cristo de botar a cabeça das pessoas que moram lá

que eles não são de São Paulo.

Repita comigo:

Eu sou

paranaense

Eu sou paulistanense.

Paranaense.

Paraná paulistatense

Parana paulistanense parana paulis..

Pa. Pa. Ra. Ra. Na. Na. Ense. Ense.

Meus parabéns

Agora, acostume a falar isso.

Foi fácil, não foi?

Po*%a, bicho mó fácil, meu. Não é osso, não.

Só por causa disso pessoal de Maringá fica

pistolão com pessoal de Londrina, assim com a galera de

Cascavel com o pessoal de Toledo,

que até hoje não entendo direito porque eles ficam se bicando.

Aliás, vocês sabem como é que chama quem nasce em Toledo?

Enfim, viver no Paraná requer uma alfabetização especial,

mas isso não é novidade para ninguém.

Piazada, para viver no paraná primeira coisa que vocês precisam saber é o significado

destas quatro palavras aqui no quadro:

Penal

Penal é estojo, né. Pra guardar as coisas dentro.

Tesão não é só a safadeza,

não, gente, não é.

Tesão é uma coisa bacana, é legal, é divertido.

Piá. Piá. Eu sou piá, tu é piá, todos nós somos piá.

Meninas são piá, todos somos piá . Piá é isso que importa

é tudo, é o síntese do paranense.

E vina.

Vina é salsicha.

E outra coisa que vocês precisam entender, principalmente para quem vai para a região de Curitiba

é que o "r" é puxado.

Como o armando tá morto de rir e o "e" também ele é um pouco mais forte

né, leite quente dói o dente da frente da gente. Aprenderam?

Perfeitamente, tchê.

Mas, me diz. Afinal como é que chama tem nasce em Toledo?

E caso você já esteja se sentindo mais

familiarizado com o Paraná existem duas piadas que você pode contar que vai fazer todo mundo sempre rir

Ô pia, tu sabia

que as gurias de Campo Largo adoram os piá de Ponta Grossa?

Essa é boa. Mas eu tenho uma melhor.

Vai lá. Conta.

O preço dos pedágios abaixou.

E esse foi o resumo do Paraná.

Se eu esqueci de alguma coisa escreve aí embaixo,

porque eu tenho certeza que acontece mais um monte de bizarrice nesse

estado, que na verdade é um país, porque é a Rússia brasileira.

Meu nome é Diogo Elzinga, me sigam nas redes sociais. Principalmente

se inscreva aqui no Youtube, tá bom?

Um beijo nessas tetas de vocês, com respeito, tá bom e até

domingo que vem.

Paraná é um Estado Estranho Paraná is a Strange State Le Paraná est un État étrange パラナ州は不思議な州 Paraná garip bir eyalet 巴拉那州是个奇怪的州

Cá estamos novamente nós na nossa saga de desbravar e mostrar as coisas

estranhas que acontecem por esse Brasilzão e finalmente chegou a vez de falarmos da Rússia

brasileira, da fonte da zoeira, do lugar conhecido popularmente

como Paraná. Mas antes de mais nada, eu preciso dizer pra vocês que

tem algumas pessoas que estão achando que estou falando é mal dos estados

do Brasil, que estou desdenhando a região, a cultura deles. Para todas essas pessoas eu gostaria de mandar vocês from Brazil, that I'm disdaining the region, their culture. For all these people I would like to send you

chuparem um parafuso até virar um prego. Porque o propósito aqui é apenas brincar com algumas peculiaridades

que acontece nesses lugares, tá bom?! Sintam-se mijados.

Calma Diogo, calma Diogo. Também ficam me xingando depois eu fico puto.

Chega de chororô, vamos para o que interessa.

Pra começar, esse não é mais um daqueles vídeos que tem um compilado das coisas estranhas e bizarras que acontecem dentro do Paraná, porque

a internet está cheia disso, né, a imprensa adora esse tipo de coisa porque chama ibope.

Mas isso não tem nada de extraordinário,

isso é só mais um dia na vida

corriqueira cotidiana de quem vive dentro do Paraná.

Tem nada demais para o pessoal lá. No Brasil, isso até pode ser uma coisa diferente

que chama a nossa atenção, mas o fato é que no Paraná

as pessoas já nem assistem mais o telejornal por causa disso.

Boa noite. Veja hoje na edição do Paraná News: Padre se amarra balões e sai voando,

ladrões roubam cofre de empresa e fogem de carroça,

motorista leva a mãe no porta malas do carro,

ciclista é atropelado por colchão que caiu de caminhonete. De novo isso.

E veja também a nossa reportagem especial.

Dona Maria vai ao trabalho

e nada acontece durante o percurso. Dá pra acreditar numa coisa dessas?

Confesso para vocês que é muito difícil conseguir encontrar uma notícia que seja do Paraná,

que nada de esquisito tenha acontecido. Talvez a coisa

mais normal

de todo o Paraná, a coisa mais comum que aconteça lá

seja tal da rixa entre Pato Branco e Francisco Beltrão.

Além disso, eu concluo no meu trabalho que

Francisco Beltrão possui uma área maior que Pato Branco, porém

Pato Branco, por sua vez, possui uma população maior do que Francisco Beltrão,

portanto podemos concluir que, territorialmente

falando, Francisco Beltrão é maior que Pato Branco.

Repete isso daí que você falou.

Francisco Beltrão é maior que o Pato Branco.

Mas teu c* pegando fogo. Pato Branco é bem maior que Beltrão e vai levar é zero.

Mas é que eu trouxe os dados que comprovam o contrário.

Mas não me importa, vai tomar é zero.

Cala boca. Beltrão é muito maior do que Pato. Não viu o piá falando ali?

Mas tu também vá pro inferno,

piá de bosta. Pato vai ser sempre maior que Beltrão.

Só se pato for o nome do c* da tua mãe.

Nossa,

mas que antipatia é essa?

Pega e vai para Curitiba.

É, eu acho que pegou meio pesado mesmo. Mas tem um ônibus que sai pra Curitiba daqui 20 minutos.

E uma coisa que você precisa aprender sobre o Paraná é que todo mundo ama

Curitiba e no caso todo mundo é quem mora em Curitiba,

porque os curitibanos

chama o resto do estado tudo de colono.

E por isso o pessoal do interior vivem falando que o pessoal de Curitiba são tudo uns mal

educado, que não sabe puxar papo e etc e tal.

Mas no fim das contas estão lá final de semana no Jardim Botânico

e batendo foto com capivara só para colocar no Facebook.

Olha que bonita capivara. Eu e ela. Aqui eu tirando a foto da capivara,

aqui é quando capivara entrou no Barigui,

aqui do lado, daí, aqui é o Stallone lá na Ópera de Arame comigo,

aqui é o Oil Man lá no Oscar Niemayer..

Nossa, tu deve amar Curitiba.

Ná, Curitiba é uma bosta, bosta de cidade, Curitiba. Odeio Curitiba.

Aqui do lado, daí eu,

o Oil Man, o Stallone e três capivaras na frente Jardim Botânico.

Cidade bosta.

Para explicar a relação com Curitiba é tipo:

Ah, como eu odeio te amar tanto.

Porque Curitiba tem muita coisa boa. Tem todo o turismo que a gente sabe,

tem aquela página muito

topzera da Prefeitura, que faz zueira 24 horas por dia.

Mas na parte mais legal de Curitiba talvez seja o fato de você conseguir viver

as quatro estações num dia só. Se você for à estação de trem aí são 5.

Entendeu? Estação, trem..

Mas o Paraná não se resume somente a Curitiba.

Tem também a cidade de Londrina, que não tem Cristo de botar a cabeça das pessoas que moram lá

que eles não são de São Paulo.

Repita comigo:

Eu sou

paranaense

Eu sou paulistanense.

Paranaense.

Paraná paulistatense

Parana paulistanense parana paulis..

Pa. Pa. Ra. Ra. Na. Na. Ense. Ense.

Meus parabéns

Agora, acostume a falar isso.

Foi fácil, não foi?

Po*%a, bicho mó fácil, meu. Não é osso, não.

Só por causa disso pessoal de Maringá fica

pistolão com pessoal de Londrina, assim com a galera de

Cascavel com o pessoal de Toledo,

que até hoje não entendo direito porque eles ficam se bicando.

Aliás, vocês sabem como é que chama quem nasce em Toledo?

Enfim, viver no Paraná requer uma alfabetização especial,

mas isso não é novidade para ninguém.

Piazada, para viver no paraná primeira coisa que vocês precisam saber é o significado

destas quatro palavras aqui no quadro:

Penal

Penal é estojo, né. Pra guardar as coisas dentro.

Tesão não é só a safadeza,

não, gente, não é.

Tesão é uma coisa bacana, é legal, é divertido.

Piá. Piá. Eu sou piá, tu é piá, todos nós somos piá.

Meninas são piá, todos somos piá . Piá é isso que importa

é tudo, é o síntese do paranense.

E vina.

Vina é salsicha.

E outra coisa que vocês precisam entender, principalmente para quem vai para a região de Curitiba

é que o "r" é puxado.

Como o armando tá morto de rir e o "e" também ele é um pouco mais forte As the armando is dying to laugh and the "e" is also a little stronger

né, leite quente dói o dente da frente da gente. Aprenderam?

Perfeitamente, tchê.

Mas, me diz. Afinal como é que chama tem nasce em Toledo?

E caso você já esteja se sentindo mais

familiarizado com o Paraná existem duas piadas que você pode contar que vai fazer todo mundo sempre rir

Ô pia, tu sabia

que as gurias de Campo Largo adoram os piá de Ponta Grossa?

Essa é boa. Mas eu tenho uma melhor.

Vai lá. Conta.

O preço dos pedágios abaixou.

E esse foi o resumo do Paraná.

Se eu esqueci de alguma coisa escreve aí embaixo,

porque eu tenho certeza que acontece mais um monte de bizarrice nesse

estado, que na verdade é um país, porque é a Rússia brasileira.

Meu nome é Diogo Elzinga, me sigam nas redes sociais. Principalmente

se inscreva aqui no Youtube, tá bom?

Um beijo nessas tetas de vocês, com respeito, tá bom e até

domingo que vem.