image

Portuguese LingQ Podcast 1.0, Dezoito: Flávio & Patrícia - a Festa!

Dezoito: Flávio & Patrícia - a Festa!

F – Nossa, a festa ontem foi super legal, né?

Aquela casa é muito bonita! Três andares e ainda com aquela vista linda, cheio de natureza em volta. É de deixar qualquer um impressionado! P – Eu também adorei a decoração!

Cada andar tem um estilo diferente, mas tudo combinando bem, muito bem planejada a casa. F – É que ali antes era um escritório de arquitetura e design.

Por isso que ela é assim muito bem organizada. P – Ah, logo vi!

Realmente a casa é muito bem feita e toda bem decorada. F – Pois é, é por isso.

O pessoal caprichou em cada detalhe, todo mundo que conhece a casa comenta. Agora o escritório de design foi para um prédio comercial no Leblon e eles adaptaram algumas coisas pra ficar com uso residencial. P – Acho que o que eu mais gostei foi da cozinha junto com a sala, que a gente chama de cozinha americana.

Você ganha muito mais espaço. F – E é muito mais prático também.

Acho que pro dia a dia fica tudo muito mais fácil, tendo a sala e a cozinha integradas num só espaço. P – É, e você vê que quando a cozinha americana é bem feita, fica super bonito também.

Eu adorei! E até pra dar festa fica muito mais confortável, com mais espaço. F – Você viu ontem quanta gente coube na sala, né?

Teve uma hora que parecia pista de dança de boate, de tão cheio que tava. E ainda coube um DJ no canto! P – Aliás, o DJ era muito bom!

Só tocou música animada, conseguiu manter a pista cheia praticamente a festa toda. F – É, eu só achei que começou a encher muito tarde.

Eram quase meia-noite e a festa ainda tava vazia! P – Nossa, foi mesmo.

Parecia até que a festa não ia ser boa, com pouca gente... de repente, quando eu vi a casa tava cheia, o som já mais alto... mas realmente, isso já era pra lá de meia-noite. F - Eu não sei o que acontece mas as festas em geral estão começando cada vez mais tarde hoje em dia.

P – Mas até que a gente dançou bastante.

Nós fomos embora da festa já eram quase quatro horas da manhã. F – Caramba, e a festa ainda tava lotada, cheio de gente, né?.

A festa deve ter ido até de manhã. Ainda bem que a casa não tem muitos vizinhos por perto, né? P – É, pra dar festa é bom, mas não sei se conseguiria morar numa casa assim meio longe de tudo.

Pra fazer qualquer coisa precisa de carro. Já pensou ter que descer e subir aquela ladeira a pé todo dia! E de noite, imagina o medo que deve dar! F – É, tem esse lado que realmente não é bom.

Só que a vista da casa compensa, pelo menos eu acho. Mas tem que ter carro mesmo, senão fica impossível. P – E um carro por pessoa, né?

Senão não adianta. Porque o problema não é nem a distância das coisas, porque a localização é ótima. O problema é aquela ladeira! F – É verdade.

Aliás, ainda bem que ontem eu parei o carro logo no início da rua. Se eu tivesse estacionado perto da casa a gente não ia conseguir ir embora porque o carro ia ficar preso. P – É!

Eu vi! Tinham dois casais tentando achar o dono dos carros que estavam bloqueando a saída. Isso é muito chato – você querer ir embora e não poder porque o carro ficou preso. F – Ainda mais às quatro da manhã!

Mas o Gabriel tinha me dado essa dica. Toda festa lá acaba tendo esse problema. P – Foi ótimo ele ter avisado isso.

Aquela rua ali não ta preparada para receber tantos carros assim. Você mal consegue manobrar na rua quando não tem carro. Nos dias de festa então... F – É, eles tem que pensar em organizar aquilo de alguma maneira.

Qualquer dia pode realmente dar alguma confusão mais séria. P - A namorada do Gabriel mora sozinha naquela casa?

F – Não, mora ela e mais três amigas.

Aquelas duas que você conheceu na festa assim que chegou, lembra? P – Ah, me lembro!

F – A outra não tava na festa porque viajou pra casa dos pais, em Friburgo.

P – Ah bom.

Eu achei que ela morava lá sozinha. Eu ia morrer de medo. F – Acho que qualquer um não ia gostar de morar ali sozinho.

A casa é muito grande! E o Gabriel agora está praticamente morando lá. Os finais de semana pelo menos ele passa todo lá. Ah, inclusive ele chamou a gente pra um churrasco lá hoje de tarde, pra complementar a festa de ontem. P – Esse pessoal é festeiro, hein!

Mas hoje? É pra curar a ressaca da festa? F – É que sobraram algumas bebidas, uns salgadinhos... aí ele resolveu chamar os amigos mais próximos para ajudar a limpar a casa, entendeu?

P – Será que vai ter mais daqueles drinks que ele estava fazendo ontem?

Estava uma delícia! Eu tomei o de abacaxi e um outro que tinha uva. Muito bom! F – Acho que deve ter sim.

Ele faz umas bebidas muito boas mesmo. Também, trabalha com isso há uns cinco anos. Ele leva jeito pra barman! P – Você viu a fila que ficou no bar uma hora?

Todo mundo querendo drink ao invés de cerveja. Ele deve ter ficado exausto de tanto preparar as bebidas. F – É mesmo!

Eu nem liguei pra ele ainda. Ele deve estar dormindo. Daqui a pouco eu vou ligar pra saber como é que terminou a festa. P – Ah, pergunta pra ele também quem é que fez aquele bolo.

F – Nossa, tava uma delícia mesmo!

Acho que é tudo do Buffet que eles contrataram. Me lembra de perguntar porque eu também gostei muito. E não era tão doce. Porque tem alguns que são tão doces que chegam a ser enjoativos. O de ontem não. Era bom mesmo. P – O vinho também era ótimo.

E olha que eu prefiro vinho tinto, né? Mas o branco de ontem eu gostei. Mas tomei só uma taça porque depois eu resolvi experimentar os drinks que estava todo mundo comentando. F – Eu acho que tirando as bebidas que eram preparadas pelo próprio Gabriel, o resto era tudo do Buffet.

P – E de quem era esse Buffet?

F – Era uma empresa que eles sempre contratam para as festas que eles dão na casa.

Porque eles alugam a casa pra festa. As pessoas que moram lá alugam pra ganhar um dinheirinho extra, entendeu? P – Ahh, eu não sabia.

Ih, quem vai gostar de saber disso é a Marília. Ela ta procurando uma casa pra fazer a festa de noivado dela. Vou dar a dica. F – E eles cobram um preço justo.

Vale a pena mesmo dar essa dica para ela. P – Você tem alguma idéia de quanto eles cobram por pessoa?

F – Não sei não, mas com certeza deve ter algumas opções de preço, dependendo do que for servido, se tem jantar ou se só servem alguns salgadinhos.

P – É, claro...

F – Mas hoje de tarde eu pego com ele o contato do Buffet.

P – Tá legal.

Acabou que ontem nós encontramos várias pessoas conhecidas, né? O Rio de Janeiro às vezes parece tão pequeno! F - É, vocês então frequentavam o mesmo clube quando mais novas.

P - Isso, o Clube Naval.

Eu não lembro muito bem de conhecer ela na época, nem ela lembra de mim. Mas só ontem na festa tinham duas pessoas do clube que eu conhecia. F - Então pelo visto vocês andavam com o mesmo grupo de amigos mas não era muito proximos.

P - Deve ter sido.

Eu lembro da Bruna, essa que tava na festa ontem, porque a gente morava no mesmo bairro, então algumas vezes uma pegava carona com a mãe da outra. Mas era muita gente, difícil lembrar de todo mundo. F – Como é que pode, né?

Tinham vários amigos em comum na festa mesmo. Mas quem pra variar não apareceu na festa foi o Marquinhos. P – É mesmo!

Você chegou a falar com ele? F – Falei!

Liguei pra ele quando nós estávamos saindo de casa pra ver se ele queria carona. Ele disse que já estava num bar perto da festa e que ia direto. Até a hora que a gente saiu ele não tinha aparecido. Pelo menos eu não vi. P – É, se bem que teve uma hora que ficou tão cheia a festa que ele pode ter até passado por lá e a gente não viu.

F – Pode ser, mas como ele sempre acaba não indo nas festas, acho mais provável que ele não tenha aparecido mesmo.

P – Se ele não foi perdeu um festão!

Acho que tão cedo não tem uma outra festa desse nível, com um astral tão agradável. F – Tava realmente um clima muito bom.

E aquela hora que um grupinho se juntou no jardim da casa pra tocar violão e cantar? Foi bem bacana também. P – E foi ótimo porque ajudou a dividir um pouco as pessoas pela casa.

Até aquela hora estava todo mundo na pista de dança, não cabia mais ninguém! F – Foi mesmo.

E olha que até nessa hora a pista continuou cheia, mas ficou mais espaçado sim. Aí quando a música ao vivo parou a pista enchei toda de novo. P – Foi!

E o cara do violão era bom também, tocava só música bem conhecida, pra todo mundo se animar e cantar junto. F - E ainda apareceu um bongô e uma gaita, aí quase que formaram um banda.

P - Mas acho que eles já tocavam juntos há algum tempo, porque as músicas estavam bem ensaiadas e eram muito bem tocadas.

F – Aquele cara é amigo do Gabriel.

Esqueci o nome dele agora. Mas eu sei que ele toca em alguns bares aqui do Rio. O cara é profissional. P – Na próxima festa que a gente for fazer vamos chamar o Gabriel pra organizar!

F – Concordo!

Está combinado então. Que festão!



Want to learn a language?


Learn from this text and thousands like it on LingQ.

  • A vast library of audio lessons, all with matching text
  • Revolutionary learning tools
  • A global, interactive learning community.

Language learning online @ LingQ

Dezoito: Flávio & Patrícia - a Festa!

F – Nossa, a festa ontem foi super legal, né?

Aquela casa é muito bonita! Três andares e ainda com aquela vista linda, cheio de natureza em volta. Three floors and still with that beautiful view, full of nature around. É de deixar qualquer um impressionado! It's about to leave anyone impressed! P – Eu também adorei a decoração! Q - I loved the decoration too!

Cada andar tem um estilo diferente, mas tudo combinando bem, muito bem planejada a casa. Each floor has a different style, but everything goes well, the house is well planned. F – É que ali antes era um escritório de arquitetura e design. F - It used to be that there used to be an architecture and design office.

Por isso que ela é assim muito bem organizada. That's why it is so well organized. P – Ah, logo vi! P - Ah, I saw it soon!

Realmente a casa é muito bem feita e toda bem decorada. F – Pois é, é por isso. F - Yes, that's why.

O pessoal caprichou em cada detalhe, todo mundo que conhece a casa comenta. The staff took care of every detail, everyone who knows the house comments. Agora o escritório de design foi para um prédio comercial no Leblon e eles adaptaram algumas coisas pra ficar com uso residencial. Now the design office went to a commercial building in Leblon and they adapted some things to be for residential use. P – Acho que o que eu mais gostei foi da cozinha junto com a sala, que a gente chama de cozinha americana. P - I think what I liked most was the kitchen along with the living room, which we call American cuisine.

Você ganha muito mais espaço. You get a lot more space. F – E é muito mais prático também. F - And it is much more practical as well.

Acho que pro dia a dia fica tudo muito mais fácil, tendo a sala e a cozinha integradas num só espaço. I think that everyday is much easier, with the living room and kitchen integrated in one space. P – É, e você vê que quando a cozinha americana é bem feita, fica super bonito também. P - Yes, and you can see that when the American cuisine is well done, it looks super nice too.

Eu adorei! E até pra dar festa fica muito mais confortável, com mais espaço. And even to throw a party it is much more comfortable, with more space. F – Você viu ontem quanta gente coube na sala, né? F - You saw yesterday how many people fit in the room, right?

Teve uma hora que parecia pista de dança de boate, de tão cheio que tava. There was an hour that felt like a nightclub dance floor, so crowded it was. E ainda coube um DJ no canto! And still fit a DJ in the corner! P – Aliás, o DJ era muito bom! Q - In fact, the DJ was very good!

Só tocou música animada, conseguiu manter a pista cheia praticamente a festa toda. Only played upbeat music, managed to keep the track full for almost the entire party. F – É, eu só achei que começou a encher muito tarde. F: Yeah, I just thought it started to fill up too late.

Eram quase meia-noite e a festa ainda tava vazia! P – Nossa, foi mesmo. P - Wow, it was.

Parecia até que a festa não ia ser boa, com pouca gente... de repente, quando eu vi a casa tava cheia, o som já mais alto... mas realmente, isso já era pra lá de meia-noite. It even seemed like the party wasn't going to be good, with few people ... suddenly, when I saw the house was full, the sound was louder ... but really, it was after midnight. F - Eu não sei o que acontece mas as festas em geral estão começando cada vez mais tarde hoje em dia.

P – Mas até que a gente dançou bastante. P - But until we danced a lot.

Nós fomos embora da festa já eram quase quatro horas da manhã. We left the party almost four in the morning. F – Caramba, e a festa ainda tava lotada, cheio de gente, né?. F - Damn, and the party was still crowded, full of people, right ?.

A festa deve ter ido até de manhã. The party must have gone on until morning. Ainda bem que a casa não tem muitos vizinhos por perto, né? Good thing the house doesn't have many neighbors around, right? P – É, pra dar festa é bom, mas não sei se conseguiria morar numa casa assim meio longe de tudo. P - Yes, it is good to have a party, but I don't know if I would be able to live in a house like this, a little far from everything.

Pra fazer qualquer coisa precisa de carro. To do anything you need a car. Já pensou ter que descer e subir aquela ladeira a pé todo dia! Have you ever thought that you had to walk down and up that hill every day! E de noite, imagina o medo que deve dar! And at night, imagine the fear you must give! F – É, tem esse lado que realmente não é bom. F - Yes, there is a side that is not really good.

Só que a vista da casa compensa, pelo menos eu acho. Only the view from the house is worth it, at least I think. Mas tem que ter carro mesmo, senão fica impossível. But you have to have a car, otherwise it is impossible. P – E um carro por pessoa, né? Q - And one car per person, right?

Senão não adianta. Otherwise it's no use. Porque o problema não é nem a distância das coisas, porque a localização é ótima. Because the problem is not even the distance from things, because the location is great. O problema é aquela ladeira! The problem is that slope! F – É verdade.

Aliás, ainda bem que ontem eu parei o carro logo no início da rua. In fact, thankfully, yesterday I stopped the car at the beginning of the street. Se eu tivesse estacionado perto da casa a gente não ia conseguir ir embora porque o carro ia ficar preso. If I had parked near the house we wouldn't be able to leave because the car would get stuck. P – É!

Eu vi! I saw! Tinham dois casais tentando achar o dono dos carros que estavam bloqueando a saída. There were two couples trying to find the owner of the cars that were blocking the exit. Isso é muito chato – você querer ir embora e não poder porque o carro ficou preso. This is very annoying - you want to leave and can't because the car got stuck. F – Ainda mais às quatro da manhã! F - Even more at four in the morning!

Mas o Gabriel tinha me dado essa dica. But Gabriel had given me that tip. Toda festa lá acaba tendo esse problema. Every party there ends up having this problem. P – Foi ótimo ele ter avisado isso. P - It was great that he told you that.

Aquela rua ali não ta preparada para receber tantos carros assim. That street over there isn't ready to receive that many cars. Você mal consegue manobrar na rua quando não tem carro. You can barely maneuver on the street when you don't have a car. Nos dias de festa então... On party days then ... F – É, eles tem que pensar em organizar aquilo de alguma maneira. F - Yes, they have to think about organizing it in some way.

Qualquer dia pode realmente dar alguma confusão mais séria. Any day can really lead to some more serious confusion. P - A namorada do Gabriel  mora sozinha naquela casa?

F – Não, mora ela e mais três amigas.

Aquelas duas que você conheceu na festa assim que chegou, lembra? Those two you met at the party as soon as you arrived, remember? P – Ah, me lembro!

F – A outra não tava na festa porque viajou pra casa dos pais, em Friburgo. F - The other was not at the party because she traveled to her parents' house in Freiburg.

P – Ah bom.

Eu achei que ela morava lá sozinha. I thought she lived there alone. Eu ia morrer de medo. I was going to die of fear. F – Acho que qualquer um não ia gostar de morar ali sozinho.

A casa é muito grande! E o Gabriel agora está praticamente morando lá. Os finais de semana pelo menos ele passa todo lá. Ah, inclusive ele chamou a gente pra um churrasco lá hoje de tarde, pra complementar a festa de ontem. Oh, he even called us to a barbecue there this afternoon, to complement yesterday's party. P – Esse pessoal é festeiro, hein! P - These people are partying, huh!

Mas hoje? But today? É pra curar a ressaca da festa? Is it to cure the party hangover? F – É que sobraram algumas bebidas, uns salgadinhos... aí ele resolveu chamar os amigos mais próximos para ajudar a limpar a casa, entendeu? F - It's just a few drinks left, some snacks ... so he decided to call his closest friends to help clean the house, understand?

P – Será que vai ter mais daqueles drinks que ele estava fazendo ontem? Q - Will there be more of those drinks he was having yesterday?

Estava uma delícia! It was delicious! Eu tomei o de abacaxi e um outro que tinha uva. I took the pineapple and another one that had grapes. Muito bom! F – Acho que deve ter sim. F - I think there must be.

Ele faz umas bebidas muito boas mesmo. He makes some really good drinks. Também, trabalha com isso há uns cinco anos. Also, he has been working with this for about five years. Ele leva jeito pra barman! He has a knack for bartenders! P – Você viu a fila que ficou no bar uma hora? Q - Did you see the queue that was at the bar for an hour?

Todo mundo querendo drink ao invés de cerveja. Everyone wanting to drink instead of beer. Ele deve ter ficado exausto de tanto preparar as bebidas. F – É mesmo!

Eu nem liguei pra ele ainda. Ele deve estar dormindo. Daqui a pouco eu vou ligar pra saber como é que terminou a festa. P – Ah, pergunta pra ele também quem é que fez aquele bolo.

F – Nossa, tava uma delícia mesmo!

Acho que é tudo do Buffet que eles contrataram. I think it's all from the Buffet they hired. Me lembra de perguntar porque eu também gostei muito. E não era tão doce. Porque tem alguns que são tão doces que chegam a ser enjoativos. Because there are some who are so sweet that they get nauseating. O de ontem não. Era bom mesmo. P – O vinho também era ótimo.

E olha que eu prefiro vinho tinto, né? Mas o branco de ontem eu gostei. Mas tomei só uma taça porque depois eu resolvi experimentar os drinks que estava todo mundo comentando. F – Eu acho que tirando as bebidas que eram preparadas pelo próprio Gabriel, o resto era tudo do Buffet.

P – E de quem era esse Buffet?

F – Era uma empresa que eles sempre contratam para as festas que eles dão na casa. F - It was a company that they always hire for the parties they give at the house.

Porque eles alugam a casa pra festa. Because they rent the house for the party. As pessoas que moram lá alugam pra ganhar um dinheirinho extra, entendeu? People who live there rent to earn extra money, understand? P – Ahh, eu não sabia.

Ih, quem vai gostar de saber disso é a Marília. Oh, who will like to know this is Marilia. Ela ta procurando uma casa pra fazer a festa de noivado dela. She's looking for a house to have her engagement party. Vou dar a dica. F – E eles cobram um preço justo. F: And they charge a fair price.

Vale a pena mesmo dar essa dica para ela. P – Você tem alguma idéia de quanto eles cobram por pessoa?

F – Não sei não, mas com certeza deve ter algumas opções de preço, dependendo do que for servido, se tem jantar ou se só servem alguns salgadinhos.

P – É, claro...

F – Mas hoje de tarde eu pego com ele o contato do Buffet.

P – Tá legal.

Acabou que ontem nós encontramos várias pessoas conhecidas, né? O Rio de Janeiro às vezes parece tão pequeno! F - É, vocês então frequentavam o mesmo clube quando mais novas. F: Yes, you then went to the same club when you were younger.

P - Isso, o Clube Naval. P - That, the Naval Club.

Eu não lembro muito bem de conhecer ela na época, nem ela lembra de mim. Mas só ontem na festa tinham duas pessoas do clube que eu conhecia. F - Então pelo visto vocês andavam com o mesmo grupo de amigos mas não era muito proximos. F - So apparently you were with the same group of friends but it wasn't very close.

P - Deve ter sido.

Eu lembro da Bruna, essa que tava na festa ontem, porque a gente morava no mesmo bairro, então algumas vezes uma pegava carona com a mãe da outra. Mas era muita gente, difícil lembrar de todo mundo. F – Como é que pode, né?

Tinham vários amigos em comum na festa mesmo. Mas quem pra variar não apareceu na festa foi o Marquinhos. But who for a change didn't show up at the party was Marquinhos. P – É mesmo!

Você chegou a falar com ele? F – Falei!

Liguei pra ele quando nós estávamos saindo de casa pra ver se ele queria carona. I called him when we were leaving home to see if he wanted a ride. Ele disse que já estava num bar perto da festa e que ia direto. Até a hora que a gente saiu ele não tinha aparecido. Pelo menos eu não vi. P – É, se bem que teve uma hora que ficou tão cheia a festa que ele pode ter até passado por lá e a gente não viu.

F – Pode ser, mas como ele sempre acaba não indo nas festas, acho mais provável que ele não tenha aparecido mesmo.

P – Se ele não foi perdeu um festão! Q - If he was not lost a garland!

Acho que tão cedo não tem uma outra festa desse nível, com um astral tão agradável. I think there is no other party of this level so soon, with such a nice mood. F – Tava realmente um clima muito bom.

E aquela hora que um grupinho se juntou no jardim da casa pra tocar violão e cantar? And that time that a little group gathered in the garden to play the guitar and sing? Foi bem bacana também. P – E foi ótimo porque ajudou a dividir um pouco as pessoas pela casa.

Até aquela hora estava todo mundo na pista de dança, não cabia mais ninguém! Until that time everyone was on the dance floor, no one else fit! F – Foi mesmo.

E olha que até nessa hora a pista continuou cheia, mas ficou mais espaçado sim. Aí quando a música ao vivo parou a pista enchei toda de novo. Then when the live music stopped the track I filled up all over again. P – Foi!

E o cara do violão era bom também, tocava só música bem conhecida, pra todo mundo se animar e cantar junto. F - E ainda apareceu um bongô e uma gaita, aí quase que formaram um banda. F - And there was a bongo and a harmonica, which almost formed a band.

P - Mas acho que eles já tocavam juntos há algum tempo, porque as músicas estavam bem ensaiadas e eram muito bem tocadas. Q - But I think they had been playing together for a while, because the songs were well rehearsed and were very well played.

F – Aquele cara é amigo do Gabriel.

Esqueci o nome dele agora. Mas eu sei que ele toca em alguns bares aqui do Rio. O cara é profissional. P – Na próxima festa que a gente for fazer vamos chamar o Gabriel pra organizar!

F – Concordo!

Está combinado então. Que festão!

×

We use cookies to help make LingQ better. By visiting the site, you agree to our cookie policy.