image

Portuguese LingQ Podcast 1.0, Dez: Mairo and Ayla, Londrina

Dez: Mairo and Ayla, Londrina

M: Bom é gravando aqui mais um podcast hoje com um dia de atraso, porque tivemos aí alguns problemas técnicos, e o podcast era para ter saído ontem, na sexta, e… mas a gente acabou gravando só hoje no sábado, e então, bom, vai sair… logo depois de gravar a gente já está fazendo o upload aí do podcast. É… hoje eu e a Ayla, estamos aqui na casa da Ayla de novo e até queria pedir desculpa se houver algum barulho de fundo, porque a gente mora no centro da cidade, então tem muito barulho de carro e de movimento, então às vezes se tiver algum barulho no fundo é por causa do barulho da cidade e caso tiver algum barulho muito forte eu dou uma parada de falar e depois que baixar o barulho eu continuo. A: Também passa avião aqui né, quando vem, pode passar algum avião e fazer fuuu.

M: É também tem isso porque o aeroporto é aqui perto então passam uns aviões aqui de vez enquando bem baixo, pousam…, oh ta passando um.

A: Está passando um jactinho aqui em cima. M: É está passando exactamente agora.

É um avião de porte menor. Dá para escutar? Não sei se vocês conseguem escutar. A: Eu acho que o jactinho não faz tanto barulho assim como aqueles grandes mesmo.

M: Então já que nós tamos falando de barulho, hoje vamos falar um pouquinho da cidade.

A gente mora aqui na cidade de Londrina, interior do Paraná, e o Paraná é um estado no sul do Brasil, para quem não conhece a geografia do Brasil. É, Londrina não é a capital, a capital e Coritiba, mas é uma cidade grande, tem uns… quanto habitantes? A: Basicamente uns quinhentos mil, mas já ta com quase seiscentos e cinquenta, por aí, mil habitantes…

M: É, uns 500, 600 mil habitantes, mais ou menos,

A: É, por ai.

M: Bom, o que a gente gosta aqui em Londrina…o que é que… tem várias coisas boas aqui, né, para uma cidade do interior.

A: A faculdade que é uma das melhores do Brasil, kendo-londrina, o que eu acho que faz, que é muito importante.

Eu acho que por Londrina, Londrina só tem setenta e dois anos, eu acho, e por ter essa idade assim ela cresceu muito. Você vê Londrina assim ela é… tem porte de cidade grande, só que ela está crescendo ainda. M: É. E outra que tem de bom aqui em Londrina… É uma cidade bem cultural.

A: É

M: Tem uns eventos, tem vários festivais.

A: Tem show de música, festival de jazz, festival de dança, tem o FILO.

O FILO é… Vem teatro de todo o mundo aqui apresentar… M: É. O FILO é o Festival Internacional de Londrina, festival de teatro eu acho que se eu não me engano é o maior festival de teatro da América do Sul e vem grupos do mundo inteiro para se apresentar e com certeza o FILO é uma das maiores atracções da cidade. A: E não e caro.

M: É, é barato.

Os ingressos são baratos. É uma oportunidade muito boa, se você pretende vir a Londrina, vem na época do FILO. Mas tem outros festivais. Tem o festival de música é muito interessante. A: Festival de jazz

M: O festival de jazz também.

Que é separado. Tem um que é só de música, mais variado, e tem um específico de jazz. Tem um festival literário? A: É, o LONDRIX, né, que a gente chama de LONDRIX que é um festival literário, que tem até apresentação de poesia, apresentação de livros…

M: Esse é um festival ainda menor…

A: Acho que é o terceiro ano esse ano, se eles forem fazer.

Não faz muito tempo que tem o LONDRIX. M: É, o festival literário está começando, mas os outros já têm mais tradição e para além desses vários festivais, bom tem a orquestra, também.

A: E que é muito importante.

A OSUEL, que é a orquestra sinfónica da UEL, da Universidade Estadual de Londrina, que a gente sempre vai ver, quando tem a temporada deles, que é muito bom. Eu nem sei o que falar, é muito bom mesmo. M: É, a orquestra da universidade é realmente muito boa e normalmente é difícil assim ter orquestra na sua cidade, na cidade que a gente mora, eu a primeira vez que eu fui assistir a uma orquestra ao vivo foi aqui em Londrina porque tem essa orquestra e tem os espectáculos ao longo do ano e são gratuitos, né, e é realmente fantástico.

Eu não gostava muito, não é que não gostasse, mas eu não escutava muito musica clássica, mas passei a gostar por causa que (POR CAUSA QUE é uma construção errada, tanto oralmente como na escrita, pelo menos no português de Portugal. Por causa + que deve ser substituído por PORQUE) comecei a assistir às apresentações da orquestra, que é algo assim realmente … A: Incrível.

M: Incrível mesmo.

A: Sem contar que a primeira peça que a gente assistiu foi o Bolero de Ravel e a gente…

M: É, é. Uma das primeiras foi o Bolero de Ravel que é uma composição…

A: Do Ravel.

M: Do Ravel.

Mas e fantástico e já assistimos também a outros compositores: Beethoven, Tschaicovsky , Mozart… Korsakov, recentemente, né. A: O último foi o Korsakov.

M: É. O último foi o Korsakov.

E qual o outro? A: Aquele Camilli Santini, não?

M: Não, não.

Aquele que a gente assistiu…Foram dois compositores. A: Daquela fez?

Foi o korsakov e o Tschaicovsky. Na verdade até foram três. Não foi o Tschaicovsky? M: Era um compositor famoso que fala que foi o sucessor do Beethoven.

Ah eu esqueci o nome. A: Eu também não lembro.

Mas eu posso ver se você quiser. M: Não, Não.

E que mais tem de bom em Londrina? Deve ter mais um monte de coisa boa. Mas assim basicamente na nossa área cultural … A: Que abrange, o que a gente sabe aqui de londrina eu acho que é isso.

M: Tem vários festivais, a orquestra, o kendo, que a gente pratica e que é muito bom em Londrina.

A: Esse ano tem campeonatos em Londrina, né?

M: Uhmuhm.

Tem a universidade, eu estou no último ano. A Ayla está entrando. Bom tem mais coisas boas, mas… A: A gente não conhece tudo de Londrina, para ficar falando muito…

M: A gente é assim.

A: A gente não conhece tudo de Londrina, mas basicamente é isso.

M: Espero que vocês tenham gostado então e que tenham ficado com uma boa imagem de Londrina no Brasil.

A: É uma cidade muito boa.

M: Se vierem para o Brasil venham para Londrina, tá?

A: Norte do Paraná.

M: É. Norte do Paraná, sul do Brasil.

A: Sul do Brasil.

Primeiro estado da região sul. M: Uhmuhm.

Então hoje a gente fica por aqui. Esse foi o LingQ, o portuguese LingQ quem quiser estudar mais português acessa o LingQ lá www.Lingq ( L I NG Q).com e estude a transcrição desse texto. E é isso ai. Aqui é o Mairo Vergara. E a A: Ayla.

M: Maomi.

A: Maomi

M: Ayla Maomi.

Então até mais, tchau. A: Tchau!



Want to learn a language?


Learn from this text and thousands like it on LingQ.

  • A vast library of audio lessons, all with matching text
  • Revolutionary learning tools
  • A global, interactive learning community.

Language learning online @ LingQ

Dez: Mairo and Ayla, Londrina

M: Bom é gravando aqui mais um podcast hoje com um dia de atraso, porque tivemos aí alguns problemas técnicos, e o podcast era para ter saído ontem, na sexta, e… mas a gente acabou gravando só hoje no sábado, e então, bom, vai sair… logo depois de gravar a gente já está fazendo o upload aí do podcast. M: Well, here is recording another podcast today, one day late, because we had some technical problems there, and the podcast was supposed to come out yesterday, on Friday, and ... but we ended up recording only today on Saturday, and then, well, it will come out… right after recording we are already uploading the podcast there. É… hoje eu e a Ayla, estamos aqui na casa da Ayla de novo e até queria pedir desculpa se houver algum barulho de fundo, porque a gente mora no centro da cidade, então tem muito barulho de carro e de movimento, então às vezes se tiver algum barulho no fundo é por causa do barulho da cidade e caso tiver algum barulho muito forte eu dou uma parada de falar e depois que baixar o barulho eu continuo. Yeah ... today Ayla and I, we are here at Ayla's house again and I even wanted to apologize if there is some background noise, because we live in the city center, so there is a lot of car and movement noise, so sometimes if there is any noise in the background it is because of the noise of the city and if there is any very loud noise I stop talking and after the noise has subsided I continue. A: Também passa avião aqui né, quando vem, pode passar algum avião e fazer fuuu. A: You can also fly here, when you come, you can fly some plane and do fuuu.

M: É também tem isso porque o aeroporto é aqui perto então passam uns aviões aqui de vez enquando bem baixo, pousam…, oh ta passando um. M: There is also this because the airport is close by, so some planes pass here from time to time while they are very low, they land ..., oh there's one.

A: Está passando um jactinho aqui em cima. A: It's jetting up here. A: Un avión pasa por aquí. M: É está passando exactamente agora. M: It is happening right now.

É um avião de porte menor. It is a smaller aircraft. Dá para escutar? Can you hear it? Não sei se vocês conseguem escutar. I don't know if you can hear it. A: Eu acho que o jactinho não faz tanto barulho assim como aqueles grandes mesmo. A: I think the jet does not make as much noise as the big ones.

M: Então já que nós tamos falando de barulho, hoje vamos falar um pouquinho da cidade. M: So since we are talking about noise, today we are going to talk a little bit about the city.

A gente mora aqui na cidade de Londrina, interior do Paraná, e o Paraná é um estado no sul do Brasil, para quem não conhece a geografia do Brasil. We live here in the city of Londrina, in the interior of Paraná, and Paraná is a state in southern Brazil, for those who do not know the geography of Brazil. É, Londrina não é a capital, a capital e Coritiba, mas é uma cidade grande, tem uns… quanto habitantes? Yes, Londrina is not the capital, the capital and Coritiba, but it is a big city, it has some… how many inhabitants? A: Basicamente uns quinhentos mil, mas já ta com quase seiscentos e cinquenta, por aí, mil habitantes… A: Basically about five hundred thousand, but it's already almost six hundred and fifty, around, a thousand inhabitants ...

M: É, uns 500, 600 mil habitantes, mais ou menos, M: Yes, about 500, 600 thousand inhabitants, more or less,

A: É, por ai. A: Yeah, around there.

M: Bom, o que a gente gosta aqui em Londrina…o que é que… tem várias coisas boas aqui, né, para uma cidade do interior. M: Well, what we like here in Londrina ... what is it ... there are several good things here, right, for a city in the countryside.

A: A faculdade que é uma das melhores do Brasil, kendo-londrina, o que eu acho que faz, que é muito importante. A: The college that is one of the best in Brazil, kendo-London, which I think it does, which is very important.

Eu acho que por Londrina, Londrina só tem setenta e dois anos, eu acho, e por ter essa idade assim ela cresceu muito. I think that in Londrina, Londrina is only seventy-two years old, I think, and because she was that age she grew a lot. Você vê Londrina assim ela é… tem porte de cidade grande, só que ela está crescendo ainda. You see Londrina as it is ... it has the size of a big city, but it is still growing. M: É. E outra que tem de bom aqui em Londrina… É uma cidade bem cultural. M: Yeah. And another one that is good here in Londrina ... It is a very cultural city.

A: É A: Yeah

M: Tem uns eventos, tem vários festivais. M: There are some events, there are several festivals.

A: Tem show de música, festival de jazz, festival de dança, tem o FILO. A: There is music show, jazz festival, dance festival, there is FILO.

O FILO é… Vem teatro de todo o mundo aqui apresentar… FILO is… Theater comes from all over the world to present… M: É. O FILO é o Festival Internacional de Londrina, festival de teatro eu acho que se eu não me engano é o maior festival de teatro da América do Sul e vem grupos do mundo inteiro para se apresentar e com certeza o FILO é uma das maiores atracções da cidade. M: Yeah. FILO is the International Festival of Londrina, theater festival I think that if I am not mistaken it is the largest theater festival in South America and groups from all over the world come to perform and for sure FILO is one of the biggest attractions of City. A: E não e caro. A: And it is not expensive.

M: É, é barato. M: Yeah, it's cheap.

Os ingressos são baratos. Tickets are cheap. É uma oportunidade muito boa, se você pretende vir a Londrina, vem na época do FILO. It is a very good opportunity, if you intend to come to Londrina, it comes at the time of FILO. Mas tem outros festivais. But there are other festivals. Tem o festival de música é muito interessante. It has a very interesting music festival. A: Festival de jazz A: Jazz festival

M: O festival de jazz também. M: The jazz festival too.

Que é separado. That is separate. Tem um que é só de música, mais variado, e tem um específico de jazz. There is one that is only of music, more varied, and there is a specific jazz. Tem um festival literário? Do you have a literary festival? A: É, o LONDRIX, né, que a gente chama de LONDRIX que é um festival literário, que tem até apresentação de poesia, apresentação de livros… A: Yeah, LONDRIX, right, what we call LONDRIX, which is a literary festival, which even has poetry, book presentations…

M: Esse é um festival ainda menor… M: This is an even smaller festival ...

A: Acho que é o terceiro ano esse ano, se eles forem fazer. A: I think it's the third year this year, if they are going to do it.

Não faz muito tempo que tem o LONDRIX. LONDRIX is not that long ago. M: É, o festival literário está começando, mas os outros já têm mais tradição e para além desses vários festivais, bom tem a orquestra, também. M: Yes, the literary festival is starting, but the others already have more tradition and in addition to these various festivals, well, there is the orchestra, too.

A: E que é muito importante. A: And that is very important.

A OSUEL, que é a orquestra sinfónica da UEL, da Universidade Estadual de Londrina, que a gente sempre vai ver, quando tem a temporada deles, que é muito bom. OSUEL, which is the UEL symphony orchestra, from the State University of Londrina, that we will always see, when there is their season, which is very good. Eu nem sei o que falar, é muito bom mesmo. I don't even know what to say, it's really good. M: É, a orquestra da universidade é realmente muito boa e normalmente é difícil assim ter orquestra na sua cidade, na cidade que a gente mora, eu a primeira vez que eu fui assistir a uma orquestra ao vivo foi aqui em Londrina porque tem essa orquestra e tem os espectáculos ao longo do ano e são gratuitos, né, e é realmente fantástico. M: Yes, the university orchestra is really good and it is usually difficult to have an orchestra in your city, in the city where we live, the first time I went to see a live orchestra was here in Londrina because there is this orchestra and shows throughout the year and are free, right, and really fantastic.

Eu não gostava muito, não é que não gostasse, mas eu não escutava muito musica clássica, mas passei a gostar por causa que (POR CAUSA QUE é uma construção errada, tanto oralmente como na escrita, pelo menos no português de Portugal. I didn't like it very much, it's not that I didn't like it, but I didn't listen to much classical music, but I started to like it because (BECAUSE IT'S A WRONG CONSTRUCTION, both orally and in writing, at least in Portuguese in Portugal. Por causa + que deve ser substituído por PORQUE) comecei a assistir às apresentações da orquestra, que é algo assim realmente … Because + that should be replaced by WHY) I started watching the orchestra's performances, which is something like that really… A: Incrível. A: Incredible.

M: Incrível mesmo. M: Incredible indeed.

A: Sem contar que a primeira peça que a gente assistiu foi o Bolero de Ravel e a gente… A: Not to mention that the first play we watched was Ravel's Bolero and we ...

M: É, é. Uma das primeiras foi o Bolero de Ravel que é uma composição…

A: Do Ravel.

M: Do Ravel.

Mas e fantástico e já assistimos também a outros compositores: Beethoven, Tschaicovsky , Mozart… Korsakov, recentemente, né. A: O último foi o Korsakov.

M: É. O último foi o Korsakov.

E qual o outro? A: Aquele Camilli Santini, não? A: That Camilli Santini, right?

M: Não, não.

Aquele que a gente assistiu…Foram dois compositores. The one we watched ... There were two composers. A: Daquela fez? A: Did you do that?

Foi o korsakov e o Tschaicovsky. Na verdade até foram três. There were actually three. Não foi o Tschaicovsky? M: Era um compositor famoso que fala que foi o sucessor do Beethoven.

Ah eu esqueci o nome. Ah I forgot the name. A: Eu também não lembro.

Mas eu posso ver se você quiser. M: Não, Não.

E que mais tem de bom em Londrina? Deve ter mais um monte de coisa boa. Mas assim basicamente na nossa área cultural … A: Que abrange, o que a gente sabe aqui de londrina eu acho que é isso. R: Eso cubre, lo que sabemos aquí en Londres, creo que eso es todo.

M: Tem vários festivais, a orquestra, o kendo, que a gente pratica e que é muito bom em Londrina.

A: Esse ano tem campeonatos em Londrina, né?

M: Uhmuhm.

Tem a universidade, eu estou no último ano. A Ayla está entrando. Bom tem mais coisas boas, mas… A: A gente não conhece tudo de Londrina, para ficar falando muito…

M: A gente é assim.

A: A gente não conhece tudo de Londrina, mas basicamente é isso.

M: Espero que vocês tenham gostado então e que tenham ficado com uma boa imagem de Londrina no Brasil.

A: É uma cidade muito boa.

M: Se vierem para o Brasil venham para Londrina, tá? M: If you come to Brazil, come to Londrina, okay?

A: Norte do Paraná.

M: É. Norte do Paraná, sul do Brasil.

A: Sul do Brasil.

Primeiro estado da região sul. M: Uhmuhm.

Então hoje a gente fica por aqui. Esse foi o LingQ, o portuguese LingQ quem quiser estudar mais português acessa o LingQ lá www.Lingq ( L I NG Q).com e estude a transcrição desse texto. That was LingQ, the Portuguese LingQ who wants to study more Portuguese access LingQ there www.Lingq (LI NG Q) .com and study the transcription of this text. E é isso ai. Aqui é o Mairo Vergara. E a A: Ayla.

M: Maomi.

A: Maomi

M: Ayla Maomi.

Então até mais, tchau. A: Tchau!

×

We use cookies to help make LingQ better. By visiting the site, you agree to our cookie policy.