×

We use cookies to help make LingQ better. By visiting the site, you agree to our cookie policy.


image

Filosofia - Português Europeu, Pretender o Mal - 02

Pretender o Mal - 02

A doutrina e o seu contexto

Não há decisão mais importante na ética prática que a de aceitar ou rejeitar o utilitarismo. Afinal, embora haja princípios não utilitaristas profundamente incorporados na nossa moralidade corrente, parece difícil encontrar uma justificação teórica para eles, e algumas intuições comuns correm o risco de ser postas de parte por razões teóricas.

Philippa Foot

Comecemos com o Trólei, a situação hipotética introduzida por Philippa Foot (1967: 147) que se tornou num tema para múltiplas variações. O agente está a conduzir um trólei e depara-se com cinco trabalhadores na linha. Tenta travar, mas os travões deixaram de funcionar. Apercebe-se imediatamente de que os trabalhadores não podem fugir e serão todos mortalmente atropelados, a não ser que ele se desvie para outra linha, onde está um outro trabalhador nas mesmas circunstâncias. Ele desvia-se e provoca a morte do trabalhador, evitando assim a morte dos outros cinco. Podemos contrastar esta situação com o Transplante. Agora o agente é um cirurgião confrontado com cinco pacientes que morrerão muito em breve se não receberem um transplante. Não é possível obter a tempo os órgãos necessários de um doador já morto, mas há no hospital um paciente a recuperar de uma operação que, se for morto com uma injecção, proporcionará todos esses órgãos. O agente dá secretamente a injecção e mata o paciente, evitando assim a morte dos outros cinco.

As nossas intuições morais revelam um contraste nítido neste par de casos: a conduta do agente parece-nos permissível no Trólei, mas claramente impermissível noTransplante. Mas por que razão se verifica este contraste? Dado que em ambos os casos o agente salva cinco pessoas matando uma, qual poderá ser a diferença relevante que explica esta assimetria moral? Este é o problema do trólei. Tem proporcionado um amplo debate desde que Foot publicou o seu artigo, mas neste momento só nos interessa destacar uma das principais soluções consideradas: a ideia de que a Doutrina do Duplo Efeito (DDE) fornece a melhor explicação para a assimetria indicada.

Pretender o Mal - 02 Das Böse beabsichtigen - 02 Intend Evil - 02 Intención de mal - 02 L'intention de nuire - 02 Intendere il male - 02 悪意 - 02 Bedoeling van het kwaad - 02 Zamiar zła - 02 意圖邪惡 - 02

A doutrina e o seu contexto The doctrine and its context

Não há decisão mais importante na ética prática que a de aceitar ou rejeitar o utilitarismo. |||||||||||||ablehnen|| There is no more important decision in practical ethics than whether to accept or reject utilitarianism. Afinal, embora haja princípios não utilitaristas profundamente incorporados na nossa moralidade corrente, parece difícil encontrar uma justificação teórica para eles, e algumas intuições comuns correm o risco de ser postas de parte por razões teóricas. |||||||tief verankert|||||||||||||||Intuitionen|||||||||||| After all, despite there being deeply non-utilitarian principles incorporated into our current morality, it seems difficult to find a theoretical justification for them, and some common intuitions are at risk of being set aside for theoretical reasons. 結局のところ、現在の道徳には非功利主義的な原則が深く埋め込まれているが、それを理論的に正当化する理由を見つけるのは難しいようだ。

Philippa Foot

Comecemos com o Trólei, a situação hipotética introduzida por Philippa Foot (1967: 147) que se tornou num tema para múltiplas variações. |||Straßenbahnproblem||||||||||||||| Let's start with the Trolley Problem, the hypothetical situation introduced by Philippa Foot (1967: 147) that has become a theme for multiple variations. フィリッパ・フット(Philippa Foot, 1967: 147)が紹介し、さまざまなバリエーションのテーマとなった「トロリーバス」という仮定の状況から始めよう。 O agente está a conduzir um trólei e depara-se com cinco trabalhadores na linha. The agent is driving a trolley and comes across five workers on the track. Tenta travar, mas os travões deixaram de funcionar. |bremsen|||Bremsen||| |||||||work He tries to brake, but the brakes have stopped working. Apercebe-se imediatamente de que os trabalhadores não podem fugir e serão todos mortalmente atropelados, a não ser que ele se desvie para outra linha, onde está um outro trabalhador nas mesmas circunstâncias. |||||||||||||tödlich|überfahren werden|||||||wechselt auf eine||||||||||| He realizes immediately that the workers cannot escape and will all be fatally run over, unless he switches to another line, where another worker is in the same circumstances. 彼はすぐに、同じ境遇にある別の労働者がいる別のラインに迂回しない限り、労働者たちは逃げることができず、全員が轢かれてしまうことに気づく。 Ele desvia-se e provoca a morte do trabalhador, evitando assim a morte dos outros cinco. |weicht aus|||||||||||||| He switches lanes and causes the death of the worker, thus avoiding the death of the other five. Podemos contrastar esta situação com o Transplante. |vergleichen mit|||||Transplantation We can contrast this situation with the Transplant. Agora o agente é um cirurgião confrontado com cinco pacientes que morrerão muito em breve se não receberem um transplante. |||||Chirurg.|mit einem Dilemma konfrontiert||||||||||||| Now the agent is a surgeon confronted with five patients who will die very soon if they do not receive a transplant. Não é possível obter a tempo os órgãos necessários de um doador já morto, mas há no hospital um paciente a recuperar de uma operação que, se for morto com uma injecção, proporcionará todos esses órgãos. |||||||||||||||||||||||||||||||Injektion|||| Es ist nicht möglich, die notwendigen Organe rechtzeitig von einem toten Spender zu erhalten, aber es gibt einen Patienten im Krankenhaus, der sich von einer Operation erholt, der, wenn er durch eine Injektion getötet wird, alle diese Organe spenden wird. It is not possible to obtain the necessary organs in time from a donor who has already died, but there is a patient in the hospital recovering from an operation who, if killed with an injection, will provide all these organs. すでに死んでいるドナーから必要な臓器を入手するのは間に合わないが、注射で殺せばすべての臓器を提供してくれる手術中の患者が入院している。 O agente dá secretamente a injecção e mata o paciente, evitando assim a morte dos outros cinco. The agent secretly administers the injection and kills the patient, thus avoiding the death of the other five.

As nossas intuições morais revelam um contraste nítido neste par de casos: a conduta do agente parece-nos permissível no Trólei, mas claramente impermissível noTransplante. |||||||deutlich||||||||||||||||unzulässig|beim Transplantat Our moral intuitions reveal a clear contrast in this pair of cases: the agent's conduct seems permissible to us in the Trolley case, but clearly impermissible in the Transplant case. 私たちの道徳的直感は、この2つのケースにおいて鋭いコントラストを示す。エージェントの行動は、トロリーバスでは私たちに許されるように思えるが、移植では明らかに許されない。 Mas por que razão se verifica este contraste? But why does this contrast occur? Dado que em ambos os casos o agente salva cinco pessoas matando uma, qual poderá ser a diferença relevante que explica esta assimetria moral? Given that in both cases the agent saves five people by killing one, what relevant difference could explain this moral asymmetry? Este é o problema do trólei. This is the trolley problem. Tem proporcionado um amplo debate desde que Foot publicou o seu artigo, mas neste momento só nos interessa destacar uma das principais soluções consideradas: a ideia de que a Doutrina do Duplo Efeito (DDE) fornece a melhor explicação para a assimetria indicada. ||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||Asymmetrie| It has sparked a wide debate since Foot published her article, but at this moment we are only interested in highlighting one of the main solutions considered: the idea that the Doctrine of Double Effect (DDE) provides the best explanation for the indicated asymmetry. フットが論文を発表して以来、この問題は多くの議論の的となってきたが、現時点では、検討された主な解決策のひとつである「二重効果の教義(DDE)」が、示された非対称性を説明する最良の方法であるという考え方に焦点を当てることにしか興味がない。