×

Мы используем cookie-файлы, чтобы сделать работу LingQ лучше. Находясь на нашем сайте, вы соглашаетесь на наши правила обработки файлов «cookie».


image

Mescla - Entrevistas, Pessoas contam como lidam com a ansiedade. E você, como faz?

Pessoas contam como lidam com a ansiedade. E você, como faz?

É como se fosse um leve aperto, assim, você fica agoniado, você fica... putz, cara... é difícil explicar isso.

É tipo, com o coração batendo forte...

Parece que eu vou derreter, sabe, virar um monte d'agua, assim, no chão, sabe?

Então a ansiedade, ela começa tipo, devagarzinho. Ela é tipo uma criança brincando com uma bateria, sabe?

Tipo, ela começa só fazendo tss, tss, tss... e do nada é tan-ran-ran-ran, fazendo aquela barulheira e

você não consegue respirar, não consegue ver nada, não consegue se organizar...

As coisas se tornam muito maiores do que elas de fato são.

Eu fico pensando no dia de amanhã, como é que eu vou reagir a tal situação...

O tempo inteiro a minha cabeça tá a mil pensando nas coisas e quais os caminhos que essas coisas podem dar errado.

Eu penso em todas as frases que eu vou dizer no outro dia e na verdade não acontece nada disso.

Tipo, antes de acontecer alguma coisa, eu crio um cenário de como aquilo vai acontecer.

Só que aí quando eu passo pela situação, eu vejo que não era nada daquilo.

Pra tudo que eu vou fazer na vida eu já fico com medo, eu fico com insegurança...

Eu sofro mais pelo processo do que pelo resultado.

O mundo hoje em dia parece que te deixa assim, né?

A pressão que eu jogo em mim mesma de que as coisas saiam perfeitas.

Às vezes eu quero muito mexer em rede social o tempo todo. Às vezes eu não quero perder um story, sabe?

Nossa, às vezes eu perco e falo: "Nossa, perdi. Não, volta!", sabe?

Ansiedade sempre ataca... Você começa a conviver com ela, você entende que ela tem que aparecer em algum momento,

mas também não pode deixar ela te consumir.

O que eu passei com crise de pânico e crise de ansiedade é uma coisa que me assusta.

Quando eu fico muito ansiosa, desencadeia a crise de pânico... Então, quando eu tô em crise mesmo eu fico

bem depressiva. E aí eu fico em casa, eu fico assistindo seriado, durmo o dia inteiro, sabe? Não faço nada.

Eu já tive crises muito fortes, assim, acho que recentemente essa que eu tive esse ano...

Eu fiquei um mês sem sair de casa, porque eu tinha medo de sair e ter uma crise de novo.

A ansiedade, ela me ataca quando eu tenho que esperar coisas acontecerem. Acho que é onde eu mais sofro.

Eu, esses dias, fiz um calendário onde eu escrevo tudo o que eu tenho que fazer para não esquecer.

O fato de eu ter feito esse calendário me atrapalhou um pouco, porque eu comecei a ver todos os meus compromissos

no dia que eu teria eles. E isso me causa ansiedade, isso me causa uma certa angústia.

Bom, recentemente eu passei pelo TEPT, Transtorno de Estresse Pós-Traumático, que é um quadro de ansiedade.

E não é só quem viveu acidentes, guerras, pode ser uma situação de violência, mesmo.

Bom, na verdade foi uma situação que eu vivi no meu doutorado, que eu considero, na minha leitura,

como uma violência de gênero. No início foi muito difícil, eu nunca tinha passado pelo adoecimento mental.

E sendo psicóloga, é uma coisa que as pessoas não entendem.

E aí hoje, para lidar com isso, eu acredito que seja realmente planejamento... então, tipo, eu sou muito metódico,

eu sou muito calculista, eu sou muito atencioso com as coisas porque eu não quero que nada dê errado.

Então eu tenho uma disciplina, cara, quase shaolin.

Eu acho que hoje em dia, qualquer problema que eu tenho eu sento e escrevo uma música ou

escrevo no papel o que eu tô sentindo, que é uma forma de tirar de mim.

Se a partir do momento que você é uma pessoa ansiosa e que você tem a experiência com a ansiedade,

ela nunca vai embora, ela tá ali. Você pode guardar ela em algum lugar, mas eu sei que a qualquer momento

ela pode simplesmente dar um oi, assim, e me desestabilizar completamente.

Você começa a conviver com ela e você entende que ela tem que aparecer em algum momento,

mas também não pode deixar ela te consumir. Isso vai voltar em algum momento, mas eu vou respirar

e deixar acontecer, chorar o que tem que chorar, depois reorganizar a cabeça de novo.

Quando você começa a fazer terapia, a buscar superar isso, você começa a perceber que você tá antecipando

o futuro de modo catastrófico, que não necessariamente vai ser daquela maneira,

e aí você começa a se trabalhar, que foi o que aconteceu comigo.

Hoje eu tô me tratando, tô fazendo terapia, tô me medicando também, tô fazendo acupuntura...

e eu sinto que tá dando resultado, assim. Eu tô menos ansiosa no geral, mas assim, não é uma coisa talvez que vai embora 100%.

E o que eu falo sempre pra quem tá passando por isso, né, é que o único jeito de enfrentar medos é da pior maneira...

Enfrentando.


Pessoas contam como lidam com a ansiedade. E você, como faz?

É como se fosse um leve aperto, assim, você fica agoniado, você fica... putz, cara... é difícil explicar isso.

É tipo, com o coração batendo forte... It's like, with my heart pounding...

Parece que eu vou derreter, sabe, virar um monte d'agua, assim, no chão, sabe? It feels like I'm going to melt, you know, turn into a pile of water, like, on the ground, you know?

Então a ansiedade, ela começa tipo, devagarzinho. Ela é tipo uma criança brincando com uma bateria, sabe? So the anxiety, it starts like, slowly. It's like a kid playing with a drum, you know?

Tipo, ela começa só fazendo tss, tss, tss... e do nada é tan-ran-ran-ran, fazendo aquela barulheira e It begins just doing tss, tss, tss ... and nothing is tan-ran-ran-ran, making that noise and

você não consegue respirar, não consegue ver nada, não consegue se organizar... you can not breathe, can not see anything, can not be organized ...

As coisas se tornam muito maiores do que elas de fato são. Things are make it much bigger than they actually are.

Eu fico pensando no dia de amanhã, como é que eu vou reagir a tal situação... I keep thinking about tomorrow, how am I going to react to such a situation...

O tempo inteiro a minha cabeça tá a mil pensando nas coisas e quais os caminhos que essas coisas podem dar errado. All the time my head is racing thinking about things and what ways these things can go wrong.

Eu penso em todas as frases que eu vou dizer no outro dia e na verdade não acontece nada disso. I think about all the sentences I'm going to say the other day and it doesn't actually happen at all.

Tipo, antes de acontecer alguma coisa, eu crio um cenário de como aquilo vai acontecer. Like, before something happens, I create a scenario for how it's going to happen.

Só que aí quando eu passo pela situação, eu vejo que não era nada daquilo. But then when I go through the situation, I see that it was nothing like that.

Pra tudo que eu vou fazer na vida eu já fico com medo, eu fico com insegurança... For everything I'm going to do in life, I get scared, I get insecure...

Eu sofro mais pelo processo do que pelo resultado. I suffer more for the process than for the result.

O mundo hoje em dia parece que te deixa assim, né? The world nowadays seems to make you like this, right?

A pressão que eu jogo em mim mesma de que as coisas saiam perfeitas. The pressure I put on myself to make things perfect.

Às vezes eu quero muito mexer em rede social o tempo todo. Às vezes eu não quero perder um story, sabe? Sometimes I really want to mess with social media all the time. Sometimes I don't want to miss a story, you know?

Nossa, às vezes eu perco e falo: "Nossa, perdi. Não, volta!", sabe? Wow, sometimes I lose and say: "Wow, I lost it. No, come back!", you know?

Ansiedade sempre ataca... Você começa a conviver com ela, você entende que ela tem que aparecer em algum momento, Anxiety always strikes... You start to live with it, you understand that it has to show up at some point,

mas também não pode deixar ela te consumir. but you can't let it consume you either.

O que eu passei com crise de pânico e crise de ansiedade é uma coisa que me assusta. What I went through with panic attacks and anxiety attacks is something that scares me.

Quando eu fico muito ansiosa, desencadeia a crise de pânico... Então, quando eu tô em crise mesmo eu fico When I get very anxious, it triggers a panic attack... So, when I'm in a crisis, I get really

bem depressiva. E aí eu fico em casa, eu fico assistindo seriado, durmo o dia inteiro, sabe? Não faço nada. depressed. And then I stay at home, I watch some series, I sleep all day, you know? I don't do anything.

Eu já tive crises muito fortes, assim, acho que recentemente essa que eu tive esse ano... I've already had very strong crises, so I think recently the one I had this year...

Eu fiquei um mês sem sair de casa, porque eu tinha medo de sair e ter uma crise de novo. I didn't leave home for a month, because I was afraid of going out and having a crisis again.

A ansiedade, ela me ataca quando eu tenho que esperar coisas acontecerem. Acho que é onde eu mais sofro. Anxiety, it attacks me when I have to wait for things to happen. I think that's where I suffer the most.

Eu, esses dias, fiz um calendário onde eu escrevo tudo o que eu tenho que fazer para não esquecer. I, these days, made a calendar where I write down everything I have to do not to forget.

O fato de eu ter feito esse calendário me atrapalhou um pouco, porque eu comecei a ver todos os meus compromissos The fact that I made this calendar bothered me a little, because I started to see all my appointments

no dia que eu teria eles. E isso me causa ansiedade, isso me causa uma certa angústia. on the day I would have them. And this causes me anxiety, this causes me a certain anguish.

Bom, recentemente eu passei pelo TEPT, Transtorno de Estresse Pós-Traumático, que é um quadro de ansiedade. Well, I recently had PTSD, Post Traumatic Stress Disorder, which is a condition of anxiety.

E não é só quem viveu acidentes, guerras, pode ser uma situação de violência, mesmo. And it's not just those who have experienced accidents, wars, it can be a situation of violence, even.

Bom, na verdade foi uma situação que eu vivi no meu doutorado, que eu considero, na minha leitura, Well, actually it was a situation that I experienced during my doctorate, which I consider, in my interpretation,

como uma violência de gênero. No início foi muito difícil, eu nunca tinha passado pelo adoecimento mental. as gender violence. In the beginning it was very difficult, I had never been mentally ill.

E sendo psicóloga, é uma coisa que as pessoas não entendem. And being a psychologist, it's something people don't understand.

E aí hoje, para lidar com isso, eu acredito que seja realmente planejamento... então, tipo, eu sou muito metódico, And then today, to deal with that, I believe it's really planning... so, like, I'm very methodical,

eu sou muito calculista, eu sou muito atencioso com as coisas porque eu não quero que nada dê errado. I'm very calculating, I'm very thoughtful about things because I don't want anything to go wrong.

Então eu tenho uma disciplina, cara, quase shaolin. So I have a discipline, man, almost shaolin.

Eu acho que hoje em dia, qualquer problema que eu tenho eu sento e escrevo uma música ou I think that nowadays, any problem I have, I sit down and write a song or

escrevo no papel o que eu tô sentindo, que é uma forma de tirar de mim. I write on paper what I'm feeling, which is a way to take it out of me.

Se a partir do momento que você é uma pessoa ansiosa e que você tem a experiência com a ansiedade, If from the moment you are an anxious person and you have experience with anxiety,

ela nunca vai embora, ela tá ali. Você pode guardar ela em algum lugar, mas eu sei que a qualquer momento it never goes away, it is there. You can keep her somewhere, but I know anytime

ela pode simplesmente dar um oi, assim, e me desestabilizar completamente. it can just say hi, like, and completely destabilize me.

Você começa a conviver com ela e você entende que ela tem que aparecer em algum momento, You get to live with her and you understand that she has to show up at some point,

mas também não pode deixar ela te consumir. Isso vai voltar em algum momento, mas eu vou respirar but you can't let her consume you either. It will come back at some point, but I'll breathe

e deixar acontecer, chorar o que tem que chorar, depois reorganizar a cabeça de novo. and let it happen, cry what you have to cry, then rearrange my head again.

Quando você começa a fazer terapia, a buscar superar isso, você começa a perceber que você tá antecipando When you start therapy, trying to overcome this, you start to realize that you're anticipating

o futuro de modo catastrófico, que não necessariamente vai ser daquela maneira, the future in a catastrophic way, that it won't necessarily be that way,

e aí você começa a se trabalhar, que foi o que aconteceu comigo. and then you start working, which is what happened to me.

Hoje eu tô me tratando, tô fazendo terapia, tô me medicando também, tô fazendo acupuntura... Today I'm treating myself, I'm doing therapy, I'm taking medication too, I'm doing acupuncture...

e eu sinto que tá dando resultado, assim. Eu tô menos ansiosa no geral, mas assim, não é uma coisa talvez que vai embora 100%. and I feel like it's working, like that. I'm less anxious in general, but like that, maybe it's not something that will go away 100%.

E o que eu falo sempre pra quem tá passando por isso, né, é que o único jeito de enfrentar medos é da pior maneira... And what I always say to those who are going through this, right, is that the only way to face fears is in the worst way...

Enfrentando. Facing it.