saiba como aprender inglês sozinho

Aprender uma língua pode parecer uma missão maçante, difícil ou mesmo tediosa. Afinal, decorar regras gramaticais, fazer exercícios a respeito de vocabulário e se basear na memorização como ferramenta de aprendizado, como muitos métodos de inglês o fazem, é realmente desestimulante.

Aprender inglês, porém, não precisa ser assim. Muito do aprendizado de línguas se dá de forma mais intuitiva, especialmente se ligada a outras áreas de interesse daquele que aprende.

Veremos a seguir alguns pontos importantes sobre como aprender inglês sozinho.

1. Vá atrás de seus interesses

Uma das melhores formas de aprender, uma língua ou outro assunto, seja em sala de aula ou sozinho, é associar o aprendizado ao prazer. Para isso, em vez de ir atrás de livros de consulta, em que regras gramaticais e de ortografia são dadas para se decorar, você deve selecionar seus interesses.

Uma das boas notícias é que, hoje em dia, isso é muito fácil. Selecione, em serviços de streaming, filmes e seriados de que gosta; veja o que mais gosta de ler – seja literatura, artigos científicos, notícias ou mesmo livros de autoajuda. Tente sempre apreciá-los no inglês original – portanto, priorize materiais dos Estados Unidos, Reino Unido, Nova Zelândia, Canadá e outros países oficialmente anglófonos.

Livros

Saiba como aprender inglês sozinho

– Se você ainda sente dificuldade em ler livros mais complexos, procure versões bilíngues. Existem muitas edições focadas para estudantes, outras focadas para entusiastas. Numa página tem-se o original em inglês, com logo ao lado a tradução em português. É um bom modo de começar a ler livros mais complexos, como por exemplo Jane Austen.

– Se você ainda tem pouco conhecimento da língua e não sabe como aprender inglês sozinho, busque os livros com versão bridged – significa que não são os textos originais, mas adaptados para estudantes e quem estiver aprendendo. Existem vários níveis de dificuldade de adaptação, então você pode escolher.

– Se você já entende inglês razoavelmente ou muito bem, vá direto ao ponto. Evite traduções ao máximo – procure sempre ler no inglês.

– Não tenha medo da dedução. Muitas vezes uma nova palavra pode ser perfeitamente entendida no contexto do livro. Arrisque – se quiser, anote a palavra num papel para depois verificar se sua dedução estava certa. Você pode se surpreender com seu próprio poder de entendimento intuitivo. E esse poder é essencial para entender como aprender inglês sozinho.

– É bom, mesmo assim, ter um bom dicionário ao lado. Procure usar dicionários de inglês – como Oxford, ou dicionários online, como The Free Dictionary. Entenda a palavra por sua explicação, evite pensar num equivalente em português. A melhor maneira de aprender uma língua é usar sua mente no modo dela, e não consistentemente traduzindo tudo. Isso é muito trabalhoso!

Filmes e seriados

– Procure assistir filmes e seriados com legendas em inglês. Isso ajuda muito a treinar o ouvido e, ao mesmo tempo, absorver de forma intuitiva a estrutura gramatical e a ortografia da língua inglesa. É um modo excelente de trabalhar as duas línguas – oral e escrita, melhorando o ouvido e a compreensão.

– Se você já se considera num nível muito bom, procure assistir às coisas sem legenda alguma. Você pode inclusive se testar – assista a um episódio sem legendas, depois o reveja com as legendas. Você pode se avaliar, ver se ouviu tudo bem, se se confundiu, se alguns diálogos passaram sem compreensão, etc.

– Se você tem um filme ou seriado prediletos, daqueles que já assistiu muitas vezes e chega a saber cenas de cor, pode ser interessante o exercício de vê-los sem legendas. Muitas vezes aprendemos palavras que nunca percebemos que estavam ali.

Música

Saiba como aprender inglês sozinho

– Se você não é daqueles que sabem as letras das suas músicas preferidas, agora é o momento! Pegue todas as músicas de que gosta, cantadas em inglês, e leia as letras. Cante junto! Ouça bem a pronúncia enquanto lê a letra. Assim você treina pronúncia e vocabulário, além, claro, do ouvido.

– Procure saber os significados. Se não entendeu algo da letra, busque no dicionário ou na internet. Procure entender as gírias em fóruns ou em sites como o Urban Dictionary. Sempre se informe, não deixe nada passar em branco.

– Tente cantar as músicas sozinho, depois de entender o significado e a pronúncia. Sem a música e o artista original cantando, você consegue ouvir problemas próprios de pronúncia ou mesmo de erros.

 

2. Como aprender inglês sozinho? Leia!

– Leia sempre. Leia muito. Se quiser ver algo na Wikipedia, dê preferência à Wikipedia em inglês. Leia jornais internacionais, como o Guardian. Busque artigos e blogs em inglês. Assim você adquire vocabulário e internaliza estruturas gramaticais, expressões idiomáticas etc.

– Quando buscar algo no Google, não sendo sobre um assunto essencialmente brasileiro, busque em inglês. Não só te ajuda a aprender e exercitar a língua, como vai te abrir um leque muito maior de possibilidades, já que há muito mais páginas em inglês do que em português pela internet.

– Leia sobre gramática do inglês – mas não se preocupe em decorar. Se estiver em dúvida, não hesite em ler a respeito. Entenda o princípio, tire sua dúvida que, aos poucos, isso será assimilado.

– Use o dicionário. Conheça palavras novas sempre. Por que não sortear uma palavra nova por dia, em inglês, para aprender?

Saiba como aprender inglês sozinho

 

3. Pratique seu inglês na internet

Uma das coisas maravilhosas que a internet nos trouxe é o encurtamento de distâncias. Como hoje podemos falar com pessoas do mundo todo, não há razão para não fazê-lo.

Use as redes sociais – Twitter, Facebook, YouTube – para conhecer pessoas novas e trocar ideias, opiniões. Entre em fóruns, em chans, mesmo em aplicativos de namoro – tente selecionar a opção de falar com pessoas de outros lugares.

Escreva mensagens, responda tópicos de fóruns, coloque em prática tudo o que você vem ganhando de conhecimento. É importante usar o inglês de forma ativa, e não apenas passiva.

Eventualmente, se você fizer amigos anglófonos, peça ajuda. Peça para que te corrijam sempre que errar, peça para que expliquem uma expressão ou termo que vocâ não entendeu.

Peça também para que façam chamadas de vídeo e de voz. Aqui é quando todo o seu conhecimento é testado, coloca à prova, em prática e, se bem feito, firmado. Manter um hábito de falar em inglês habitualmente te faz aprender e apreender tudo muito mais rápido, melhor e de forma mais duradoura.

 

4. Sempre varie

Sempre varie seu conhecimento. Sempre treine o inglês falado, o inglês lido, o inglês ouvido, o inglês cantado, o vocabulário novo, a gramática. Nunca foque só em um, force-se a passear por todas as formas em que o inglês é manifestado.

Eles são altamente complementares e igualmente importantes. Afinal, a língua é feita da junção deles todos.

 

5. Não despreze as regras

Você não precisa viver com a cara nos livros, decorando regras e tentando implementá-las em exercícios chatíssimos de fixação de conhecimento. Eles são repetitivos, não estimulam a criatividade nem o interesse.

Porém, é muito importante não desprezar a gramática e o dicionário. Sempre averigue se o que vai usar está certo; se não tem certeza do uso de uma palavra; se uma frase dum seriado parece errada – significa que o personagem não usa inglês correto, ou significa que você não sabe bem daquela regra, a ponto de não discernir?

Sempre tire a prova. Se você tiver uma boa memória, pode ser que essa simples consulta seja sempre lembrada e, sua dúvida, sanada para sempre.

Essas são algumas das dicas sobre como aprender inglês sozinho. Elas, por si só, não te fazem necessariamente aprender a língua. Mas, com certeza, são essenciais para qualquer um que estude o inglês. Especialmente para autodidatas.

 

quer aprender inglês com o que você ama?

Join LingQ for free today!

Get language learning posts straight to your inbox!

We will not share your data with third parties and you will only receive newsletters from LingQ.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *